Astrologia

OS QUATRO ELEMENTOS

publicado por

Assim que uma pessoa começa a se interessar por Astrologia, ouve falar nos quatro elementos: Fogo, Terra, Ar e Água. A classificação por elementos é algo fundamental na Astrologia. Tão importante que a primeira coisa que um astrólogo faz é checar a representatividade de cada um desses elementos no mapa de uma pessoa. Se um elemento estiver sobrando ou faltando, isso de imediato revela algo básico a respeito dessa pessoa. A carência de um elemento irá levar essa pessoa a preenchê-lo, tanto através de coisas externas como de pessoas que tenham uma boa quantidade daquele elemento. Já o excesso indica um uso intensivo de um elemento. Não é ruim, mas significa que a pessoa tende a ver o mundo segundo aquela ótica, devendo se abrir para ver o mundo através de outra ótica.

É importante saber que a ênfase por elementos é decidida através dos dez planetas que compõe o sistema astrológico e mais o Ascendente. Assim, se você não se identificar com o elemento de seu signo solar, pode ser que ele esteja em falta no seu mapa, sendo simbolizado apenas pelo seu Sol, por exemplo.

FOGO INTUIÇÃO:
Imaginar, criar, idealizar
Áries Leão Sagitário
TERRA SENSAÇÃO:
tocar, realizar, fazer
Touro Virgem Capricórnio
AR PENSAMENTO:
a mente
Gêmeos Libra Aquário
ÁGUA EMOÇÃO:
o coração
Câncer Escorpião Peixes

 

Fogo

Está associado ao entusiasmo e a uma intuição forte, com uma capacidade de rapidamente apreender as coisas. As pessoas do tipo Fogo são carismáticas, vivas, criativas, impetuosas, cheias de energia. Criam mais do que copiam. Têm grande brilho pessoal. Predominam sentimentos como o espírito aventureiro, a vontade de se lançar e o desejo de se fazer notar.

PERSONALIDADES TÍPICAS: O artista e o gênio criador, o idealista, o aventureiro.

EM EXCESSO: Muito idealismo, fazendo com que demorem mais a compreender como funciona a realidade. Algumas pessoas com excesso do elemento podem ter dificuldade com coisas práticas, como organizar, ordenar, pagar contas, ir ao banco, etc. Por isso, cercam-se de executores e pessoas práticas, os tipos TERRA.

EM FALTA: Baixa confiança em si mesmo. Forte necessidade de se fazer notável. Cercam-se de pessoas criativas.

PARA COMPENSAR A FALTA DE FOGO: Significa preencher a autoconfiança e sentir-se especial de algum modo. Em primeiro lugar, devem procurar o sol da manhã, que traz alegria e vitalidade. Atividades de lazer, como esportes ou diversões ajudam a expressarem suas personalidades e descobrirem a criança interior. Igualmente, podem entrar em contato com crianças, envolvendo-se com suas brincadeiras e seu mundo mágico de fantasia.

Terra

Está associado ao espírito prático e construtor. A Terra se pauta pela sensação, sentido que se guia pela realidade. As pessoas do tipo Terra são sistemáticas, realistas, realizadoras, persistentes, organizadoras, pacientes. Seguem modelos consagrados e que já deram certo. Fazem com que projetos virem realidade. Predominam sentimentos como a segurança, a necessidade de consolidar, de se adequar à realidade e obter sucesso nela e de usar o bom senso.

PERSONALIDADES TÍPICAS: O empreendedor, o realizador, o mantenedor.

EM EXCESSO: Reagem de modo muito materialista, guiando suas opiniões apenas em termos do que é válido e real. Pode se aferrar a rotina, tendo pouco espaço para a imaginação e criatividade. Por isso, cercam-se de pessoas vivas e idealistas, os tipo FOGO.

EM FALTA: Pouca segurança interior e dificuldade em lidar com a realidade. Quer ter sucesso material (maioria, homens) e/ou ser bonito e atraente (maioria, mulheres). Cercam-se de pessoas práticas e realistas.

PARA COMPENSAR A FALTA DE TERRA: Significa preencher a falta de segurança interior e conectar a pessoa a realidade. Devem procurar o contato com a terra, como andar descalço em um jardim ou manipular argila, areia ou barro. Também podem ter um animal de estimação, o qual exige o desenvolvimento dos atributos terra, como cuidar da alimentação, dar banho, vacinar e afagar.

Ar

Está associado ao pensamento. Indica interpretar a vida através da mente. As pessoas do tipo Ar são inquietas, comunicativas, têm necessidade de mobilidade e variedade, independentes, curiosas. Têm facilidade em se comunicar e interpretar o mundo. Tomam decisões a partir da ética e do pensamento. Predominam sentimentos como a necessidade de espaço e de, ao mesmo tempo, relacionar-se com pessoas.

PERSONALIDADES TÍPICAS: O intelectual, comunicador, escritor.

EM EXCESSO: Tentam entender tudo pela mente, tendo dificuldade em entrar em contato com sentimentos básicos, como carência ou dependência. Podem ter pouca empatia quando não compreendem uma situação. Por isso, cercam-se de pessoas sensíveis, do tipo ÁGUA, que acordem os sentimentos que estão dentro de si.

EM FALTA: Pouca confiança em sua capacidade intelectual. Falta de flexibilidade para compreender outros pontos de vista. Querem ser percebidos como pessoas inteligentes e sagazes. Cercam-se de pessoas com facilidade em manipular conceitos abstratos e estabelecer relações.

PARA COMPENSAR A FALTA DE AR: Significa soltar-se e utilizar livremente a sua capacidade de estabelecer associações e conexões. Devem procurar jogos e entretenimentos que mantenham seus sentimentos em suspenso, enquanto estão envolvidos, e estimulem a capacidade de analisar uma situação pela mente. Podem servir para isso, também, livros, sobretudo de humor ou de conhecimento. Podem fazer exercícios respiratórios e aeróbicos. A expressão vá buscar ar puro está ligada ao fato de caminhadas ou exercícios desanuviarem sentimentos opressivos ou melancólicos, e também trazerem uma nova compreensão sobre a situação em que vivem.

Água

Está associado ao sentimento. Indica interpretar a vida através das emoções. As pessoas do tipo Água são sensíveis, perceptivas, empáticas, têm necessidade de se ligarem emocionalmente. Tomam decisões a partir de necessidades interiores. Predominam sentimentos como a busca de aconchego e de uma reação emotiva do mundo.

PERSONALIDADES TÍPICAS: O emotivo, o místico, o artista sensível.

EM EXCESSO: Podem não ter uma linha de direção, agindo sempre ao sabor dos sentimentos. Hipersensíveis, reagem a tudo ao redor. Também não conseguem ver seus problemas sob uma perspectiva mais clara e ampla, por isso, cercam-se de pessoas capazes de proporcionar o distanciamento dos seus sentimentos a fim de não serem tão afetados por eles, pessoas do tipo AR.

EM FALTA: Poucos instrumentos para lidar com os sentimentos dentro de si. Sentem todo o impacto deles ou não sentem nenhum impacto. Ligam-se a tudo o que permita ligarem se com as suas emoções, como a música ou outras associações com base emotiva. Cercam-se de pessoas emotivas, com livre acesso aos seus sentimentos.

PARA COMPENSAR A FALTA DE ÁGUA: Significa entrar em contato com os próprios sentimentos. Em primeiro lugar, buscar a Água, símbolo de sentimento em qualquer cultura. A pesca ou o nado ou a simples observação do mar coloca a pessoa em contato com o inconsciente. Também buscar a música, que igualmente tem um poderoso efeito sobre o inconsciente, despertando sentimentos que possam estar reprimidos. O desenho, a modelagem ou a pintura igualmente ativam sentimentos.

Fogo x Terra

Jung chamou os tipos do Fogo de intuitivos e os tipos da Terra de sensitivos. Fogo e Terra, na verdade, são maneiras opostas de lidar com a realidade. Se você tiver os dois elementos em equilíbrio em seu mapa astral, haverá uma espécie de discussão interna entre esses dois elementos, que simbolizam necessidades muito diferentes. Será importante você aprenda a atender a ambas as necessidades e impulsos.

Entretanto, se um estiver em vantagem, você possivelmente irá atrair pessoas que tenham o outro elemento bem representado. A tendência pode ser combater as idéias transmitidas por essas pessoas, que são opostas as suas, mas você ganharia mais se tentasse aprender algo com elas.

O Fogo lida com a realidade tentando ultrapassá-la, superá-la. Carrega, dentro de si, a figura do herói e se insurge contra os limites da realidade. Impacienta-se com limpeza, trabalhos rotineiros. Além disso, busca a aventura e a excitação. Quer viver o lado alegre e ilimitado da vida. É um criador por essência, não gostando de se restringir a métodos consagrados. Seu atributo mais forte é a intuição.

A Terra lida com a realidade tentando adaptar-se a ela. Não espera vencer a realidade, por isso o seu sucesso consiste no modo como consegue utilizá-la a seu favor. Carrega, dentro de si, uma perspectiva realista de si mesmo e do mundo ao redor. Seu impulso é o de criar segurança e estabilidade. Quer construir coisas em sua vida. Prefere ter um apartamento mobiliado a uma viagem ao redor do mundo (que seria escolhida pelo Fogo). Utiliza métodos consagrados, pois eles já provaram o seu sucesso no enfrentamento da realidade. Seu atributo mais forte é a sensação.

Se uma criança do Fogo e da Terra forem comparados em seu desempenho escolar, a criança do Fogo se destacará em trabalhos criativos e também em atividades esportivas ou que necessitem de liderança. Entretanto, a criança Terra terá um desempenho médio em todas as matérias, saindo-se melhor naquelas que necessitam de paciência, cuidado e persistência.

Ar x Água

Jung chamou os tipos do Ar de racionais e os tipos da Água de sentimentais. Ar e Água são maneiras opostas de interpretar a realidade. Se você tiver os dois elementos em equilíbrio em seu mapa astral, haverá uma espécie de discussão interna entre esses dois elementos, que simbolizam necessidades muito diferentes. Será importante que você aprenda a atender a ambas as necessidades e impulsos.

Entretanto, se um estiver em vantagem, você possivelmente irá atrair pessoas que tenham o outro elemento bem representado. A tendência pode ser combater o modo de ser dessas pessoas, que é oposto ao seu, mas você ganharia mais se tentasse se relacionar com essas pessoas e despertar em si o que está faltando em você.

O Ar interpreta a vida segundo sua mente, segundo aquilo que entende, pensa, vê e racionaliza. Tem facilidade em compreender opiniões e modos de viver diferentes. Por essa razão é, também, mais independente. Tem um lado que observa a ética ou a justiça. Tem facilidade em lidar com os relacionamentos com base no diálogo e no entendimento. Tem as faculdades de abstração e compreensão altamente desenvolvidas. O Ar está mais associado a figura do pai, que precisa ter uma identificação ética com os filhos.

O Água interpreta a vida segundo seus sentimentos, percepções internas, pressentimentos e inclinações. Tem facilidade em entrar em contato com os sentimentos das pessoas e compreender suas ações com base nesses sentimentos. Sabendo da força dos sentimentos, tende a ser mais dependente e criar laços. Não se inclina a decidir pela ética e sim por suas necessidades (gosto, não gosto, preciso, não preciso). Tem facilidade em lidar com os relacionamenos com base no vínculo emocional. Tem uma intuição muito desenvolvida a respeito do mundo interior das pessoas, embora nem sempre consiga explicar como percebeu determinadas coisas. A Água está mais associada a figura da mãe, que liga-se aos filhos por sentimento, independente do que quer que eles façam.

Quando juntos, Ar e Água desenvolvem um diálogo com base no Pensamento e Emoção. Quando não se entendem, a Água acha o Ar frio e insensível, o Ar acha a Água irracional e dependente. Quando procuram o entendimento, a Água oferece consolo e empatia para o Ar, enquanto o Ar oferece para a Água compreensão e maior distanciamento.

Finalização

No seu mapa astral, sempre haverá uma ênfase e uma falta de um elemento. A ênfase indicará seu modo predominante de lidar com a vida, e a falta indicará aquilo que você deve buscar para se tornar completo, seja através de pessoas ou através de situações. A conscientização de como os elementos estão distribuídos em seu mapa pode ajudá-lo a entender melhor porque algumas coisas são tão fáceis e outras são mais difíceis. Por exemplo, você pode achar tremendamente fácil lidar com a realidade e ser eficiente, mas pode achar difícil liberar sua criatividade e acreditar em sua intuição. Você também pode se ver como uma pessoa monótona ou sem graça. Isso significa que você tem bastante Terra e pouco Fogo, e, se tiver consciência disso, tentará enxergar em si sua criatividade, despertando-a e aliando-a a sua maneira eficaz de lidar com a realidade.

Leia Também:

RSS Feed

Assine o RSS FEED e não perca nenhuma novidade do nosso site!
Você também pode receber as atualizações da semana assinando por email!

15 comentários: “OS QUATRO ELEMENTOS”


  1. sidnei trentini diz:

    Olá, Vanessa. Gostaria de saber quem combina melhor? Fogo com Água, ou Fogo com Ar… Obrigado


  2. Miguel diz:

    Olá, Vanessa

    Vc poderia me informar em que obra Jung faz a relação da sua tipologia com os quatro elementos? grato.


  3. vtuleski diz:

    O livro é “Tipos Psicológicos”, que são quatro: intuição (Fogo), pensamento (Ar), sensação (Terra) e sentimento (Água).


  4. Juliana diz:

    Vanessa, parabéns pelos artigos!

    Sobre os elementos, tenho uma dúvida quando há empate. No meu caso há empate em 3 elementos com maior número de pontos (Água, Terra e Ar), sendo que para desempate fica difícil saber se uso o Sol, a Lua ou o Ascendente, pois cada um está também em um dos 3 elementos. Existe alguma interpretação para esse tipo de ênfase?


  5. vtuleski diz:

    Obrigada pelo elogio, Juliana!
    Juliana, o empate não é muito fácil de ser resolvido. Pode ter que entrar muito feeling e percepção nisso, estudando caso por caso.

    Mas, por exemplo, se os elementos que empataram foram Ar, Fogo e Terra, por exemplo, é possível que a pessoa funcione mais na base do Ar-Fogo, que são elementos afins, e que a Terra seja desenvolvida plenamente somente mais tarde. Ou seja, primeiro a pessoa vai viver mais na base de ideais (Ar-Fogo) para depois ter uma preocupação mais concreta com futuro (Terra).

    Abraços,

    Vanessa.


  6. Amanda Fassano diz:

    Oi, Vanessa! Nos meus elementos, Ar e Terra se empatam com 5, há 3 no fogo e somente 1 em água.
    Isso me faria uma pessoa completamente racional e insensível? rs.
    Seu site está cada dia melhor,
    parabéns :)


  7. vtuleski diz:

    Olá, Amanda, pelo contrário, a ausência de um elemento nos faz querer buscá-lo. No caso, buscar vínculos, sentimentos e e também pessoas que manifestem suas emoções. Pode ser que você tenha entre suas relações muitas pessoas com Sol ou Ascendente em signos do elemento Água.
    Obrigada pelo elogio a respeito do site! Seja muito bem vinda sempre!


  8. Albano diz:

    Vanessa, li em um livro da Karen Hamaker-Zondag (“Astropsicologia”) a nominação “percepção” para o elemento terra. Eu acredito que o sentido seja um pouco mais vago, pois “perceber” não corresponde exatamente ao senso de realidade física e concreta de terra. Mesmo assim ajuda quem não conhece, a separar a “sensação” em terra com o “sentimento” em água. Parabéns pelo site, as informações estão bem claras, ótimas pra quem tem interesse em aprender mais sobre astrologia!


  9. vtuleski diz:

    Olá, Albano!

    Fico feliz que tenha gostado do site, que tem mesmo esta característica de, ao longo do tempo, ter reunido muitos artigos para estudantes e apreciadores de astrologia. De fato, a palavra “percepção” não sintetiza tudo o que a Terra significa, mas é uma sugestão interessante, uma vez que a Terra tem necessidade de se basear na realidade e adequar-se a ela.

    Obrigada pela observação, que enriqueceu este tópico!

    Abraços,

    Vanessa.


  10. Guilherme Freire diz:

    Olá! Primeiramente gostaria de parabenizá-la pelo seu site. Sou um leitor assíduo dos seus artigos!
    No meu mapa astral há uma ênfase no elemento Água e no elemento Terra. Não tenho nenhum planeta no elemento Fogo e me identifiquei bastante com a descrição da “pessoa monótona e sem graça”. Mas as pessoas com as quais não tenho muito contato não costumam me enxergar assim. Elas costumam me rotular mais como a personalidade típica do ar. Isso se deve ao fato de eu ter Aquário no Meio do Céu?


  11. Flávia diz:

    Eu tenho no meu mapa 50 % de água.Vejo uma necessidade enorme de dormir, desinteresse, dependência, falta de memória, inércia… o problema é que não quero ser nem 1% assim.Eu vivo me forçando a ser enérgica, racional e bem humorada,mas não sei mais o que faço para mudar completamente.


  12. Ricardo diz:

    Olá! Tenho apenas 2 planetas no elemento água e 3 em todos os restantes. Isso significaria que não há ênfase ou falta em nenhum elemento?


  13. vtuleski diz:

    Oi, Ricardo, são dez planetas do Sol a Plutão, portanto você teria de checar onde estão os outros cinco. De qualquer forma, determinar qual é o elemento menos enfatizado nem sempre é tarefa fácil, envolvendo, em alguns casos, muitas sutilezas quando a pessoa tem os planetas mais ou menos bem distribuídos.


  14. vtuleski diz:

    Provavelmente, Flávia, você teria que trabalhar a mente (Ar) e o emocional (Água) e entender porque na hora H você não consegue ter motivação e entrar em ação.


  15. vtuleski diz:

    Grata pelo feedback, Guilherme! Muitas vezes, o elemento ausente faz tanta falta que a pessoa o supercompensa. Pode ser o seu Meio-do-Céu, sim, pois é a sua imagem pública.

Deixe o seu comentário:

Vanessa Tuleski

Vanessa Tuleski iniciou seus estudos de astrologia em 1989, passando a atuar como astróloga profissional 7 anos depois. Dá consultas astrológicas no Rio de Janeiro (Ipanema) ou através do Skype para outras cidades. Agende a sua consulta!

É palestrante do evento anual de previsões astrológicas Presságios (RJ), colabora com os sites Constelar e Revista Personare. Membro da Central Nacional de Astrologia, palestrou em evento para astrólogos promovido pelo Sindicato dos Astrólogos do Rio de Janeiro em 2012 e fará parte do corpo de palestrantes de 2013.

Atenção: este site NÃO é destinado a consultas gratuitas. Para tirar dúvidas sobre o seu mapa, é necessário agendar uma consulta paga. Respeite o astrólogo como um profissional que estudou para realizar o seu trabalho e que precisa ser remunerado, assim como um médico, advogado e qualquer outra profissão.

Mais sobre Vanessa Tuleski »

Vanessa Tuleski - (CC) Todos os Direitos Reservados - Produzido por ifly9
O conteúdo deste site de autoria de Vanessa Tuleski está sob a licença de Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil. Nenhum conteúdo deste site pode ser copiado e reproduzido em outro site sem autorização do autor! Mais detalhes aqui!

Creative Commons License