Astrologia

Outubro/2017: denúncias de assédio sexual em Hollywood coincidiram com o ingresso de Júpiter em Escorpião

publicado por

Não foi mera coincidência. Desde 10 de outubro e até novembro de 2018, o período é de grandes limpezas coletivas e para mexer com assuntos espinhosos, com Júpiter transitando pelo signo de Escorpião. Pela primeira vez, Hollywood abriu casos de assédio sexual e estupro que existiam sobre as sombras dos holofotes há décadas! Tudo começou com o poderoso produtor Harvey Weinstein e a lista não parou de crescer, incluindo atores premiados, como Dustin Hoffman.

Um dos mais atingidos pelo escândalo foi o ator Kevin Spacey, estrelíssima de um dos mais famosos e bem sucedidos seriados da Netflix, do qual acaba de ser cortado do elenco. Ele também teve uma aula cancelada no site MasterClass, especializado em oferecer aulas de grandes celebridades e artistas.

As denúncias de assédio em Hollywood começaram logo após o ingresso de Júpiter no signo de Escorpião, signo ligado a temas como poder, sexualidade, questões ocultas, segredos e intensidade, sendo que Júpiter, o amplificador do zodíaco, não teve a menor pena em lançar tudo isto em um grande liquidificador.

Em paralelo no Brasil, no dia 23/10, estreou no horário nobre da maior emissora do país uma novela com o sugestivo nome “O Outro Lado do Paraíso”, como que dizendo: “vejam o que tem do outro lado”. O “mocinho” (só colocando entre aspas mesmo) é ciumento, agressivo, perturbado e faz um barraco monumental no dia do casamento e ainda acaba violentando a esposa na noite de núpcias. A mocinha ainda vai sofrer poucas e boas nas mãos da família do marido, já que é um obstáculo entre um grupo falido precisando desesperadamente de dinheiro para continuar a bancar as mordomias (isto lembra alguma coisa neste país?) e cobiçosas esmeraldas. E ainda há uma outra personagem na novela, interpretada por Gloria Pires, que sofre com as armações do sogro ambicioso, que não a julga adequada para estar ao lado do filho, que se tornará embaixador. O sogrão conseguirá armar algo que vai dá-la como morta (Escorpião) e tirá-la de circulação.


Como se vê, uma novela com um tom bem mais pesado que a anterior, que, apesar de mostrar questões ligadas ao tráfico, ainda tinha um toque de leveza e romanceamento de Júpiter em Libra, com personagens cômicos e/ou marcantes. “O Outro lado do Paraíso” por enquanto não tem conseguido manter o sucesso da estreia. É uma novela que veio mexer em vespeiro, desta vez o da violência contra a mulher dentro do próprio casamento. Na verdade, o mesmo tema dos assédios de Hollywood: o poder de um subjugando o outro. No caso, atores e produtores consagrados sem receio de serem punidos sob a capa protetora da fama e do poder (“sua palavra contra a minha e quem vai acreditar em você?”).

Mas aí, no segundo semestre de 2017, veio Júpiter em Escorpião e Saturno ainda no final de Sagitário e os temas éticos (Saturno em Sagitário) ganharam uma poderosa lente de aumento (Júpiter) sobre coisas negativas e antiéticas feitas no passado e até no presente (Escorpião).

Detalhe: Weinsten, o produtor que desencadeou a onda de denúncias, tem Marte em Escorpião, uma libido forte, mas, no caso dele, mal direcionada. Marte natal quadra Plutão em Leão, o que realmente ganhou uma direção abusiva a partir do momento em que ele angariou fama e poder (Plutão em Leão). Está neste segundo semestre de 2017 com o duro Saturno no céu quadrado com o seu Sol em Peixes, um aspecto que pode gerar punições e sanções. Quando as denúncias começaram a acontecer, Marte transitando fechou um “T” com o Sol e Saturno, desencadeando o escândalo. Plutão em trânsito, por sua vez, quadra o Júpiter natal em Áries acostumado a mandar e desmandar, fazer e desfazer, inflacionado por uma oposição com Netuno, a qual, no caso dele, fez com que não se preocupasse a mínima com ética ou com o outro (Netuno em Libra, o outro).

Círculo interno: carta solar de Weinstein / Círculo externo: trânsitos na época das denúncias iniciais

Spacey tinha tudo para desfrutar de um belo retorno de Júpiter em Escorpião ao seu ponto de partida natal, coroando uma carreira de sucesso com mais uma temporada da festejada série “House of Cards”. Ele tem uma quadratura Sol em Leão com Netuno em Escorpião, que, no caso, também funcionou como técnicas de sedução não só como ator, mas para obter vantagens sexuais. Quando Júpiter chegou em cima da quadratura, os escândalos do passado vieram à tona de forma estrondosa. Plutão por trânsito quadra a Lua dele, atacando a popularidade e cobrando um preço emocional (Lua) caro em relação ao acerto de contas do passado (Lua). Netuno se opõe a Vênus, trazendo prejuízos financeiros e decepção (Netuno) em torno da sua figura.

Círculo interno: carta solar de Spacey / Círculo externo: trânsitos na época das acusações de assédio

Círculo interno: carta solar de Spacey / Círculo externo: trânsitos na época das acusações de assédio

Na SUA vida pessoal: para alguns, crises/dramas podem ter sido imediatamente amplificados assim que Júpiter ingressou em Escorpião. Menor tolerância para resolver diferenças e conflitos. O que você pode fazer para usar melhor este trânsito? Saber disso e procurar um pouco do oposto, que é um toque da estabilidade e/ou moderação taurina. E usar de estratégias e inteligência para resolver crises, e não só de impulsos e excessos. Embora o período até novembro de 2018 possa ser marcado por grandes transformações e mudanças se você buscar isto!

Mais detalhes sobre o trânsito de Júpiter em Escorpião:

http://www.personare.com.br/jupiter-em-escorpiao-epoca-de-sexualidade-e-intensidade-m7980

RSS Feed

Assine o RSS FEED e não perca nenhuma novidade do nosso site!
Você também pode receber as atualizações da semana assinando por email!

Deixe o seu comentário:

Vanessa Tuleski

Vanessa Tuleski iniciou seus estudos de astrologia em 1989, passando a atuar como astróloga profissional 7 anos depois. Dá consultas astrológicas no Rio de Janeiro ou através do Skype para outras cidades. Agende a sua consulta!

É palestrante do evento anual de previsões astrológicas Presságios (RJ), colabora com os sites Personare e Constelar. Membro do SINARJ, palestrou eventos para astrólogos promovido por este sindicato de 2012 a 2017.

Atenção: este site NÃO é destinado a consultas gratuitas. Para tirar dúvidas sobre o seu mapa, é necessário agendar uma consulta paga. Respeite o astrólogo como um profissional que estudou para realizar o seu trabalho e que precisa ser remunerado, assim como um médico, advogado e qualquer outra profissão. Agradecemos!

Mais sobre Vanessa Tuleski »

Vanessa Tuleski - (CC) Todos os Direitos Reservados - Produzido por ifly9
O conteúdo deste site de autoria de Vanessa Tuleski está sob a licença de Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil. Nenhum conteúdo deste site pode ser copiado e reproduzido em outro site sem autorização do autor! Mais detalhes aqui!

Creative Commons License