A semana de 16 a 22 de novembro de 2020

Por

Semana tem questões mais atravancadas em finanças e relacionamentos, mas há também novas inspirações e desejo de expansão

A semana de Lua nova traz um foco em si mesmo, com novas tendências e direções. Começos ficam favorecidos. Este é um mês intenso e a semana ainda pode trazer desafios em relacionamentos, bem como a seguinte.

  • Ao longo da semana: ótimos aspectos do Sol trazem uma energia de busca de progresso e organização. Há, porém, potencial de imprevistos no dia a dia e de notícias de impacto, com Mercúrio em oposição com Urano. O aspecto, todavia, favorece modernizações. Vênus faz tensão com Júpiter, Plutão e Saturno, trazendo um cenário mais complexo para finanças, relacionamentos e para âmbito coletivo. Há potencial de perdas e retração.
  • No sábado (21): o Sol ingressa em Sagitário, com uma energia mais extrovertida, exuberante e alegre até 21/12. E Vênus ingressa em Escorpião, trazendo um tom mais passional e intenso para as relações. Em um primeiro momento, pode aumentar os conflitos, em razão de uma oposição de Vênus com Urano ainda em novembro, com melhor fluência para os relacionamentos em dezembro.

Iniciando a semana com visão mais ampla e capacidade de se organizar

Desde a semana anterior, o Sol vem fazendo excelentes aspectos, que ajudam a vitalizar, e isto prossegue nesta. Até quarta-feira (18), um sextil com Júpiter auxilia na boa disposição física e energética e uma visão mais ampla, inclusive de oportunidades, inspirando progresso e crescimento. Em meio a conflitos que Vênus pode trazer, o sextil inclina a tentar se buscar sabedoria.

Além disso, ao longo de toda a semana, o Sol também faz um sextil com Saturno, ajudando a organizar, atuar com eficiência e mais maturidade, ter um bom rendimento e usar atributos ligados a razão, algo também bastante útil nesta semana também.

Mercúrio em oposição com Urano: momento de impacto nas comunicações

Atuando até quinta-feira (19), e progressivamente se diluindo a partir de sexta, ocorre uma oposição de Mercúrio com Urano, que já vivenciamos entre 3 a 23/10. É um aspecto de polêmicas, mas que pode ter facetas positivas.

O lado negativo de Mercúrio/Urano:

– Potencial de notícias que choquem.

– Aumento de haters e pessoas que publicam comentários negativos em postagens, muitas vezes com o intuito de desestabilizar o outro e/ou descarregar frustrações.

– Mais pessoas pensando de forma radical, e não razoável.

– Imprevistos no dia-a-dia, trazendo mudanças e obrigando a buscar um “plano B”.

O lado positivo de Mercúrio/Urano:

– Fase de novidades tecnológicas.

– Ideias, insights, modernização na forma de pensar.

– O outro pode trazer um outro ponto de vista, te mostrar algo, se você estiver aberto a isto.

A partir de domingo (22), Mercúrio inicia um trígono com Netuno, o que pode suavizar comunicações e dar mais abertura a enxergar questões de forma mais ampla. O aspecto é ótimo para meditação, intuição, visualização, criatividade e conexão com o plano espiritual.

Tensões em relacionamentos e parcerias

As questões de relacionamento e parceria se tornaram mais tensas desde 07/11, quando Vênus começou a fazer aspecto difíceis com outros planetas, se intensificando bastante na semana passada e prosseguindo nesta semana.

A quadratura entre Vênus e Plutão/Júpiter, que vem desde a semana passada, pode ter tirado “a sujeira debaixo do tapete”, com o surgimento de ressentimentos, questões do passado não resolvidas e temáticas de poder. É um aspecto de crise. No âmbito coletivo, está associado a recrudescimento de diferenças e protestos, como os que ocorreram no Irã contra o governo, dentre outros em outras partes do mundo.

Fortemente presente até a quarta-feira (18), e depois progressivamente se afastando, esta combinação traz potencial de:

– perdas e falecimentos;

– prejuízos financeiros e gastos aumentados, não sendo a melhor época para investir;

– incômodo por problemas financeiros, com vendas e negócios que não estão saindo da forma esperada;

– crises e conflitos em relacionamentos, com chance de “lavar a roupa suja” e até haver términos;

– crises por causa de questões afetivas, como alguém que há um tempo está sozinho, sem um par, e se questiona porque isto acontece, ou alguém que gosta de uma pessoa que não está na vida dela;

– problemas sérios e/ou de saúde para familiares e pessoas próximas ou problemas com pessoas próximas;

– questionamentos;

– muita agitação no âmbito coletivo, com altas chances de protestos e até atentados.

Ao longo de toda a semana, Vênus também quadra Saturno, e, na semana seguinte, se opõe a Urano. Portanto, “o campo minado” nas relações vai até o final de novembro.

Vênus/Saturno pode se manifestar das seguintes formas (lembrando que nem todas precisam ocorrer):

– disputa entre lazer e trabalho, com possivelmente o trabalho tomando o espaço do lazer;

– empecilhos a lazer e/ou encontros, como, por exemplo, em razão de um problema de saúde;

– tendência a se ficar um pouco mais fechado nas relações, e com maior suscetibilidade também (o famoso “ver pelo em ovo”);

– surgimento de gastos necessários que não podem ser adiados,, redução de fechamento de negócios e vendas;

– crises de autoestima e autovalor.

Portanto, se depreende que novembro é um mês que pede muita cautela com investimentos, transações financeiras e interações. Em meio a isto, Vênus muda de signo, o que, de imediato, pode piorar algumas situações, veja a seguir.

Vênus ingressa em Escorpião: menos equilíbrio e mais intensidade

No sábado (21), Vênus ingressa em Escorpião, transitando por este signo até 15/12. Apesar de tudo, Vênus em Libra (27/10 a 21/11) tem uma forte preocupação com equilíbrio e justiça. Mesmo nas eleições americanas, que tiveram tanta controvérsia, o questionamento foi se “a eleição foi justa”. Mercúrio também estava em Libra e o atual presidente americano entrou com pedidos na justiça (Libra) para impedir a apuração em alguns estados.

Vênus em Escorpião tem menos tendência a seguir o que é justo, e sim, a mover-se pelas emoções, sendo um intenso signo do elemento Água. Isto pode recrudescer fortemente alguns conflitos, mas também colocar uma qualidade emocional em outros que permita, somente depois da “roupa suja lavada”, se chegar a um entendimento, mas sem alguma crise, e, ademais, há mais chance disso para dezembro, quando Vênus não vai estar em aspecto de tensão como ficou ao longo de novembro praticamente inteiro.

No amor, Vênus em Escorpião é intenso, com uma química muito forte, pois este é o signo da sensualidade e das paixões. Porém, como se sabe, elas nem sempre nos levam ao melhor caminho, eis porque este posicionamento tem seus prós e contras. Então, a partir do sábado, a sensualidade, um atributo deste posicionamento, vai estar mais presente.

Nos negócios e transações financeiras, este é um trânsito que vai exigir mais sagacidade.

Fim de semana com Sol em Sagitário

No final da tarde de sábado (21), o Sol ingressa em Sagitário, transitando por este signo até 21/12. Esta costuma ser uma fase do ano mais alegre, exuberante e animada. Mesmo que estejamos lidando com questões mais complexas agora em novembro, há uma tendência a querer ter uma postura otimista.

Temas como especializações, estudos, viagens e projetos de maior vulto entram em pauta, uma vez que este signo desperta forte desejo de expansão.

Deixe um comenário