A semana de 14 a 20 de janeiro de 2019

Por

Conheça o tom geral da semana informando-se sobre os principais aspectos que os planetas farão entre si.

CÉU DA SEMANA

Semana agitada precede eclipse lunar e pede jogo de cintura

A semana tende a ter novidades, agitação e surpresas, com o Sol em quadratura com Urano. Some-se a isto o fato de que na madrugada da próxima segunda-feira (21) ocorre a fase cheia, de maior agitação, junto com um eclipse lunar, que tende a trazer mexidas. Então estamos realmente em tempo de mudanças.

Saiba como atuam os eclipses

Inteligência emocional pode fazer a fazer diferença, já que há uma quadratura entre Marte/Saturno, o que aumenta a agressividade geral, mas que, paradoxalmente, pede mais paciência com empecilhos e sobrecargas, e não sair explodindo à toa.

Na sexta-feira (18), Vênus e Júpiter ficam conjuntos, o que garante muita animação, mas atenção para excessos de empolgação, já que ambos os planetas quadram Netuno, o que traz pouca clareza para realmente avaliar algo, seja um relacionamento, um investimento ou outra situação.

Mercúrio fica conjunto a Plutão, da metade da semana em diante, favorecendo estudos e mergulhos, mas também podendo causar o efeito “mente encucada ou desconfiada”. Saber manejar palavras é importante para não ser incisivo em excesso e magoar pessoas queridas.

E, no domingo (20), o Sol ingressa em Aquário, trazendo novos ares e aumentando a criatividade.

Mudanças, mas energia mais radical


Segunda-feira (14) é o último dia da conjunção Sol/Plutão, que vem desde a semana passada e que, de um lado, estimula transformações, e de outro, pode fazer surgir tensões, intensidade e disputas.

A partir de terça-feira (15), durando uma semana, o Sol quadra Urano, aspecto relacionado, no positivo, a novidades e renovações. Tem por objetivo auxiliar a ver o que precisa mudar, desapegar e ressurgir de um outro modo. Aumento da demanda por espaço e independência.

Contudo, Sol/Urano também é dado a surpresas de última hora e imprevistos. Pode, por exemplo, indicar alterações climáticas inesperadas, como fortes chuvas ou então viradas no termômetro de frias/quentes para mais frias/quentes ainda.

Mas o principal fator é que é um aspecto tendente a intolerância e rupturas, de natureza imprevisível, em que tanto uma mudança pode ser proposta e ser bem aceita ou o outro (empregado, parceiro, sócio) se rebelar e sugerir partir para outra. Não é, assim, é um contato conciliatório e moderado.

Se, por exemplo, há uma situação em que se esteja realmente no seu limite, você pode arriscar mostrar a sua insatisfação e conseguir a mudança pleiteada ou então ouvir que a outra parte lamenta, mas não vai ceder. Se você estiver bem consciente do que quer e do que pode acontecer, ótimo, você vai bancar a mudança, seja ela qual for.

Surpresas e imprevistos também podem acontecer na semana, como, por exemplo, uma súbita piora de alguém que vinha se recuperando de uma doença. Há potencial de acidentes, agitação e correria. Uma boa maneira de usar Sol/Urano é tentar encontrar formas de lidar com pressão, como pedir alguns dias de folga ou achar vias de liberar tensões. Do lado positivo, o contato incentiva a criatividade e as mudanças necessárias.

Lidando com obstáculos

Um aspecto desafiador na semana é a quadratura entre Marte/Saturno, presente até 26/01. Vamos ao lado positivo dele. A garra e a força são ativadas. Isto significa a disposição de lutar pelo que se quer, seja uma meta, projeto, etc.

Mas é preciso observar como usar esta assertividade. Por exemplo, eventualmente pode-se ter um problema com uma empresa e passar da medida com o atendente de telemarketing, que pode ter pouco poder de decisão, gerando mais estresse do que resultado.

As pessoas ficam mais agressivas sob o efeito deste aspecto (o que pede cuidado redobrado em zonas de risco), por isto é preciso escolher que brigas bancar. Há uma energia de bateu-levou, e acabamos de falar de outro aspecto radical na semana, Sol/Urano, então pode não ser inteligente, em determinadas situações, bater de frente. É questão de saber refletir e analisar, mesmo que a raiva possa ser grande na hora.

Também deve-se cuidar com potencial de travas e contusões, como machucar a coluna, ter uma distensão, etc.

Prepare-se, ainda, para lidar com coisas mais trabalhosas ou obstáculos Pode haver uma grande sobrecarga de responsabilidades. Tudo pode demorar mais, ser mais cansativo e exigir mais por estes dias. Assim, muna-se de resistência e paciência até a próxima semana.

Ressalte-se que a partir de sábado (19), Marte faz bom aspecto com Júpiter, o que pode indicar o fator sorte auxiliando em algumas iniciativas ou, pelo menos, trazendo otimismo e bom humor diante de atrasos e empecilhos.

Intuição ativada

Até quarta-feira (16), a mente tende a estar mais séria, com a conjunção entre Mercúrio, o planeta da mente, e Saturno, mas também mais intuitiva, com o sextil do planeta da mente com Netuno. O aspecto favorece alguns momentos de pausa e meditação. Sonhos e coincidências podem fornecer respostas se estivermos conectados.

Mente profunda e palavra afiada

De quarta-feira (16) em diante, Mercúrio fica em conjunção com Plutão. Há um favorecimento de estudos mais profundos e terapias. A mente está mais séria, concentrada, profunda e transformadora.

Mas este é o lado bom. No seu excesso, Mercúrio/Plutão pode indicar a descoberta de algo desagradável, notícias difíceis ou, ao invés de uma mente séria e focada, uma cabeça obsessiva, desconfiada ou atormentada, por isto observe a direção dos seus pensamentos.

Mercúrio rege também as palavras, que, no seu melhor, podem ser precisas, curadoras, ou no pior, muito incisivas e ferinas, com coisas bastante negativas sendo ditas. Por isto, pode ser importante, em relações próximas, saber até onde ir para que diálogos não sejam destrutivos, bem dentro do espírito do ditado “a palavra é de prata e o silêncio é de ouro”. Mercúrio/Plutão é mais um dos trânsitos da semana a aconselhar quanto a se ter cuidado em deslocamentos.

Química nas relações e movimento nas finanças

Vênus faz trígono com Marte até 25/01, aumentando a química e atração nas relações. Mas, atenção, comprometidos sentirão melhor esta influência se estiverem dispostos a sair mais e quebrar a rotina, de acordo com o que pede o elemento Fogo e a energia de aventura de Vênus em Sagitário.

Vênus em Sagitário: amor pela aventura

Nas finanças, o comércio pode se movimentar.

Empolgação, mas também potencial de enganos

De sexta-feira (18) até quarta-feira da próxima semana (23), Vênus fica conjunto a Júpiter e quadra Netuno. Aumentamos a nossa empolgação em função de Vênus/Júpiter, que ama sair, beber, comemorar, gastar e curtir a vida. Mas a quadratura dos dois planetas com Netuno pode indicar um chance de excessos, bem como de enganos. Comprar uma roupa errada e gastar a mais por isto é uma coisa, mas fazer um mau investimento de maior porte é bem diferente. Por isto atenção ao dinheiro no que se refere a gastos maiores.

É preciso tomar cuidado com a mesma coisa na esfera das relações e parcerias. Por exemplo, uma pessoa solteira pode conhecer alguém que empolgue muito e ter grandes expectativas, mas não estar enxergando o outro e/ou a situação como de fato é.

Na esfera das parcerias, em particular, há potencial de ganhos e benefícios (Vênus/Júpiter), mas de coisas que talvez não caminhem tão bem depois ou gerem algum problema (Vênus/Netuno). Por isto, pode ser uma ideia firmar parcerias que mais tarde possam ser revisadas, já que há tanto potenciais positivos como uma dose proporcional de riscos e coisas não pensadas agora.

Nos relacionamentos em geral e encontros, a energia Vênus/Júpiter/Netuno pode ser para descontrair, brincar, se divertir e não exigir muito, mas também é possível que ocorram expectativas excessivas e chances de furos, como aquele evento que muitos confirmam que irão aparecer, mas boa parte falta. Ser flexível com os relacionamentos pode, desta forma, ser uma boa pedida.

Solteiros desejos de um compromisso mais sério podem se sentir mais carentes por estes dias, como se a lacuna fosse maior, mas também podem aproveitar para se divertirem com seus amigos e fazerem outros programas.

Novos ares no domingo

Uma grande mudança de sintonia nesta semana é o ingresso do Sol em Aquário no domingo, depois de uma fase com muita ênfase em Capricórnio, que nos deixa sérios e concentrados. Aquário acrescenta um olhar do elemento Ar, que nos permite perceber novos ângulos e exercer mais a criatividade. Também sentimos uma abertura de maior liberdade no lugar dos grandes compromissos capricornianos. O Sol fica no mental e elétrico Aquário até 18/02.


=> Siga a astróloga Vanessa Tuleski no Instagram

2 comentários sobre “A semana de 14 a 20 de janeiro de 2019”

Adoro seus textos, querida!
E q entre logo o Sol em Aquário! 🙏🏻

Deixe um comenário