A semana de 19 a 25 de outubro de 2020

Por

Céu alerta para propensão para radicalismo e imprudência, contudo, favorece quem tentar buscar saídas mais maduras para impasses nas relações

Em uma semana mais equilibrada que a anterior, continua a tendência ao radicalismo e imprudência, mas bons aspectos de Vênus tendem a ajudar a buscar saídas mais maduras para impasse nas relações.

  • Até terça-feira (20): nossa visão sobre as relações e também finanças e investimentos está um pouco mais embaçada com Vênus em oposição com Netuno.
  • Até quarta-feira (21): o Sol em quadratura com Saturno pode trazer um tanto de peso, responsabilidade, seriedade ou desânimo. Bem usado, favorece focar no trabalho.
  • De quarta-feira (21) em diante: os bons aspectos de Vênus com Plutão e Saturno ajudam a estabilizar e aprofundar relações e firmar negócios com realismo e bom senso.
  • A partir de quinta-feira (22): o Sol ingressa em Escorpião, por onde já transita Mercúrio. Assim, temos um tom mais emotivo e intenso (Sol), acompanhando o que já vem acontecendo com as palavras (Mercúrio), mas também habilidade para ver além da superfície,
  • Última semana: de Mercúrio oposto a Urano, o que aumenta o radicalismo mental. O aspecto volta em meados de novembro. Do lado positivo, traz abertura a modernizações.
  • Presente em toda a semana: a quadratura entre Marte retrógrado e Júpiter alerta em relação a excessos, seja nas relações ou atitudes, podendo ocasionar problemas. Mercúrio retrógrado tende a remarcações, refazimento de tarefas e maior distração.

Lidando com responsabilidades

Vindo desde a quinta-feira passada (15) e presente até a quarta-feira (21), a quadratura Sol/Saturno pode trazer as seguintes sensações (lembrando que talvez você não tenha todas):

– peso, abatimento ou um pouco de depressão;

– cansaço, vitalidade mais baixa e muitas responsabilidades;

– aumento da autoexigência e, com isto, chance de baixa na autoestima;

– seriedade (o que pode ter o seu lado positivo se for bem usado).

Tende a haver uma retração e maior cobrança. Porém, pode ser positivo para tentar focar em questões mais sérias, compromissos e aumentar a objetividade.

O Sol ingressa em Escorpião

Na quinta-feira (22), o Sol ingressa em Escorpião, transitando por este signo até 21/11. Depois de um período em que tentamos exercitar maior leveza e ponderação do Sol transitando por Libra, com um distanciamento típico dos signos do elemento Ar, agora mergulhamos nas emoções, pois Escorpião é um signo do elemento Água. Isto pode ser, em alguns momentos, um perturbador ou tanto turbulento, mas, em outros, curador. Este trânsito traz maior consciência do que realmente estamos sentindo e de crises e questões que temos de solucionar. Também desperta com mais força a sensualidade e sexualidade. Do lado positivo, tende a motivar transformações.

Um outro fator é que o Sol ingressou no signo onde já transita Mercúrio, ou seja, temos, definitivamente, um tom mais escorpiano, ou seja, mais intenso. Do lado positivo, processos interiores e de cura estão com muito destaque. Mas há quem não vá para este lado, e sim, para o rancor e/ou radicalismo, então, observe o que vai escolher. Aumento da expressividade e poder da palavra, para o positivo ou negativo, de quinta (22) até segunda-feira (26), com a conjunção do Sol com Mercúrio.

Última semana da oposição de Mercúrio com Urano

Presente desde o início de outubro, esta é a última semana de Mercúrio oposto a Urano, que, no entanto, volta a ocorrer de 15 a 19/11, quando Mercúrio já estiver em movimento direto. Esta oposição é responsável por manifestações variadas, veja a seguir.

O lado negativo de Mercúrio/Urano:

– Potencial de notícias que choquem, em especial nos assuntos relacionados a Escorpião, como sexualidade, poder e dinheiro. Um exemplo deste tipo de notícia foi na semana passada: um senador de Roraima, durante uma operação da Polícia Federal, foi flagrado escondendo dinheiro na cueca.

– Aumento de haters e pessoas que publicam comentários negativos em postagens, muitas vezes com o intuito de descarregar suas frustrações e desestabilizar o outro.

– Mais pessoas pensando de forma radical, e não razoável ou racional. Comunicação mais brusca.

– Agitação mental, o que, em alguns casos, pode levar a insônia.

– Imprevistos no dia-a-dia (também comuns só pelo fato de Mercúrio estar retrógrado de 13/10 a 03/11).

O lado positivo de Mercúrio/Urano:

– Fase de novidades tecnológicas e modernizações.

– Possibilidade de o pensamento se ampliar e se renovar para quem estiver aberto a isto.

– Novas ideias, ângulos e estímulo mental positivo para quem usar o lado positivo do aspecto.

– Possibilidade de ser sincero e falar o que se sente, mas, se souber dosar, sem ser agressivo.

Vênus em oposição com Netuno: relações mais embaçadas

Presente desde sexta-feira (16), e atuando com mais força até terça-feira (20), uma oposição de Vênus com Netuno pode reduzir a clareza sobre relacionamentos e o que se passa neles, tornado tudo mais vago. Por isto, em questões de parceria, será preciso tentar ter mais discernimento, buscando esclarecer detalhes e afastar o excesso de fantasia.

Assuntos financeiros também vão requerer o mesmo exame, destacando que Mercúrio retrógrado por si só já traz mais problemas com compras, produtos e entregas. A oposição alerta, portanto, para não se embarcar em parcerias, relacionamentos e investimentos sem prestar a atenção.

Uma outra possibilidade desta oposição, igualmente, é que haja aumento de sentimentos de carência, reverberados pela quadratura entre Sol/Saturno, que também assinala chance de sensação de solidão.

Os bons aspectos de Vênus

Vênus, porém, faz bons aspectos com Júpiter, Plutão e Saturno. Os com Plutão e Saturno talvez sejam melhor percebidos a partir da metade da semana.

Estes bons aspectos de Vênus são uma ótima notícia depois de uma semana com outros contatos desafiadores, considerando que estamos em um ciclo lunar que começou em 16/10 bastante polarizado.

Vênus em trígono com Júpiter de sexta-feira (16) a quarta-feira (21) atua praticamente em paralelo com a oposição de Vênus com Netuno e ajuda a focar no lado positivo de parcerias. Traz um desejo de aproveitar o momento e as coisas boas que fazem parte dele.

Vênus em trígono com Plutão atua de segunda-feira (19) a sábado (24) e aprofunda as relações, traz uma sensação de intimidade, conexão e atração nos relacionamentos. Pode ajudar em recuperações financeiras e/ou a fechar negócios de maior porte. Pode ser interessante para tratamentos estéticos como limpezas de pele e peelings. Destaque para a quarta-feira (21), em que fica exato.

Vênus em trígono com Saturno de terça (20) a outra terça-feira (27) ajuda a estabilizar relacionamentos e, naqueles em que houver divergências, desejar preservar a relação e/ou tentar encontrar saídas mais maduras. Ótimo para entrar em contato com velhos conhecidos. Investimentos tendem a ser pautados pelo bom senso. Destaque para o dia do aspecto exato, o sábado (24).

Marte em quadratura com Júpiter e os exageros

Presente de 11 a 26/10, a quadratura entre Marte e Júpiter alerta para excessos e exageros. Um exemplo disso pode ser mais invasivo, impositivo ou excessivamente ousado ou confiante no espaço alheio. Em uma época particularmente agressiva e reativa, com Marte retrógrado (09/10 a 13/11), tal postura, em determinados contextos, pode até custar caro. Apesar de o aspecto justamente gerar uma tentação para agir desta forma, este não é um momento para atuar sem pensar e imprudências.

Também podemos ser excessivos com outras coisas, como excesso de trabalho ou atividades, com propensão à dispersão. Em alguns casos, também pode haver aumento de irritabilidade. Assim, verifique onde pode estar dando um passo maior do que a perna, aceitando atividades em excesso, bem como trate de picos de ansiedade e/ou irritabilidade, possíveis subprodutos deste aspecto. E, como já foi mais que reforçado, tenha cuidado nas relações em um céu bastante suscetível a conflitos e explosões.

Coletivamente, o aspecto está por detrás do aumento de casos de coronavírus na Europa, protestos na Tailândia, morte do professor na França relacionada com questões de radicalismo religioso, pleito eleitoral no Brasil com vários episódios de violência.

Ciclos macros de 2020

Júpiter faz sextil com Netuno em outubro, falando da necessidade da manutenção da fé e esperança.

Júpiter também aperta a conjunção com Plutão entre 20/10 e 01/12, com o aspecto exato em 12/11. Conforme explicado em dos artigos de previsões gerais de 2020, a conjunção pode ter grandes crises, mas também com expansão de alguns segmentos em meio à crise. Possivelmente pode sinalizar a última grande expansão do coronavírus, uma vez que, segundo algumas projeções de especialistas, vacinas tendem a estar disponíveis nos primeiros meses de 2021.

Deixe um comenário