A semana de 23 a 29 de março de 2020

Por

CÉU DA SEMANA

Semana de quarentena instiga ideias criativas e aprofunda vínculos e relações

Todas as interpretações astrológicas serão feitas considerando a quarentena que o Brasil, e vários países do mundo, enfrenta em razão do coronavírus. Este artigo explica o porquê de estarmos vivendo uma crise de proporção mundial neste momento, as tendências astrológicas para esta semana e também o lado positivo e o que pode ser feito.

Bom gerenciamento, eficiência e novas ideias

No início da semana, temos o final de um aspecto presente na semana passada: Sol em sextil com Saturno. Este contato ajudou a se organizar e ser prático.

Até a quarta-feira (25), também está presente um outro aspecto da semana passada, Mercúrio em sextil com Urano, que aumentou o volume de informações e instigou a ter criatividade diante de uma situação de impedimento. Mercúrio/Urano favorece as novas ideias, cursos on line, lives inspiradoras, modernizações e iniciativas. Ou seja, podemos estar impedidos fisicamente de fazer coisas no mundo externo, mas não mentalmente e nem em termos de comunicação. Muita criatividade para o plano mental!

Semana positiva para as relações e oportunidades para quem souber se alinhar com o momento

cozinhando família

Vênus, o planeta das relações, faz ótimos aspectos nesta semana, ajudando em algo essencial em tempos de confinamento: a boa convivência. O trânsito por Touro, até o início de abril, tende a estabilizar os relacionamentos e reforçar a lealdade.

Até a quinta-feira (26), Vênus faz sextil com Netuno, uma combinação compassiva para as relações: é mais fácil perdoar, relativizar e compreender o outro. No amor, tende a exercitar o romantismo entre parceiros e até entre pessoas que estão se conhecendo virtualmente. Traz, também, um aumento de sensibilidade à beleza e arte. Então, vale incluir passeios virtuais a museus ou então séries e filmes que estejam nesta sintonia. O sextil também inspira gestos de solidariedade, como se propor a ir no supermercado para moradores idosos ou outros gestos.

Ao longo da semana, Vênus também faz bons contatos para Júpiter e Plutão, dando boas ideias para iniciativas comerciais durante a quarentena, como divulgar cursos on line ou o próprio trabalho, sendo uma forma de se ocupar e também de ser útil. A combinação também propicia alegria e animação para contatos próximos, e os aprofunda, já que a quarentena trouxe um momento para vivenciar o signo de Câncer (oposto complementar a Capricórnio, onde ocorre uma concentração de planetas), ligado à casa, à família e aos vínculos mais próximos. No amor, para quem estiver com o seu par, é tempo de aproximação.

O porquê das grandes tensões por que estamos passando

 

Há vários anos, os astrólogos já tinham 2020 em foco, por saber que iria acontecer uma tripla conjunção bastante rara envolvendo Júpiter, Saturno e Plutão. São planetas lentos que, em dois milênios, só ficaram juntos 6 vezes. O ano de 2020 é palco de vários ciclos entre planetas lentos (Júpiter/Plutão, Saturno/Plutão, Júpiter/Saturno), que marcam grandes mudanças de paradigmas, que tendem a reverberar para os próximos anos. Veja o artigo, escrito em setembro/2019, que já apontava para sérias questões em 2020: “Entenda o complexo e marcante ano de 2020” .

O coronavírus certamente faz parte do quadro destas mudanças, pois está tendo um grande impacto político, entre as fronteiras e econômico. Ele foi anunciado próximo do eclipse de 26/12/2019 e, no eclipse de 10/01/2020, começou a se constatar seu potencial letal para o mundo. Quando Marte quadrou Netuno, aspecto ligado a potencial ampliado de contaminação, entre o final de janeiro e o início de fevereiro, o vírus se espalhou e a OMS decretou estado de alerta mundial.

Na segunda quinzena de março,  Marte se aproximou da tensa combinação de Júpiter, Saturno e Plutão conjuntos. Esta combinação não é somente negativa. Avanços poderão se verificar nos próximos anos, pois grandes crises também trazem grandes avanços e transformações posteriores. Contudo, neste momento, o encontro de Marte com estes planetas trouxe uma crise de proporção mundial que já era esperada e anunciada pela comunidade astrológica para 2020.

Na sequência de aspectos de Marte, temos:

14 a 25/03, Marte conjunto a Júpiter. Júpiter é um significador de fronteiras e contexto internacional e foi neste período que diversas nações fecharam as fronteiras e medidas de quarentena começaram a ser proclamadas em vários lugares. O lado positivo de Marte com Júpiter é que traz força e decisão para combater o avanço exponencial do vírus. Caso estas medidas não fossem tomadas, Marte/Júpiter poderia se significar um tremendo propagador do vírus.

18 a 27/03, Marte conjunto a Plutão. Este aspecto é violento e agressivo. Está associado a mortes. Torçamos para que as medidas que estão sendo tomadas evitem o avanço da doença. É preciso ser radical (Plutão) para erradicar (Plutão também).

26/03 a 05/04, Marte conjunto a Saturno. Classicamente, é um aspecto de restrição, disciplina, contenção e de medidas de punição quando regras são descumpridas. Embora só esteja marcado para o dia 26/03, na verdade, já estamos nesta sintonia.

02 a 12/04, Marte em quadratura com Urano. A combinação é de imprevisibilidade. Torçamos que o coronavírus possa ser mais contido até chegar aqui, e que prossiga a quarentena até meados de abril, pois, com Urano envolvido, é fácil de perder o controle e surgirem, também, grandes tensões sociais.

Saturno em Aquário por 3 meses: entendendo que todos precisamos gerir juntos o que está acontecendo

Saturno está em Capricórnio desde o final de 2017. Este é um trânsito de austeridade, medidas nem sempre populares e novas regras e organizações. Em 2019, Saturno se aproximou de Plutão, aspecto que produz muita insegurança coletiva, que alcança o auge em 2020, com Júpiter também conjunto a estes planetas. A combinação Saturno/Plutão ocorre ciclicamente (esteve presente na época das Torres Gêmeas) e traz momentos de medo.

Entre 22/03 e 01/07, Saturno fica em Aquário, voltando novamente a este signo, de forma definitiva, somente no finalzinho de 2020. Saturno em Aquário, neste momento, significa limites (Saturno) na liberdade de ir e vir (Aquário) o que é necessário para conter o vírus. Mas também fomenta que a sociedade se organize descentralizadamente para combater o problema. Traz uma consciência social maior, de que fazemos parte de um grupo, de uma coletividade (Aquário), e que precisamos atuar de forma inteligente (Aquário) em conjunto.


=> Siga a astróloga Vanessa Tuleski no Instagram

=> Receba e-mails semanais enviando uma mensagem para vanessatuleski+subscribe@googlegroups.com e aguardando instruções automáticas. 

Deixe um comenário