A semana de 27 de julho a 2 de agosto de 2020

Por

Semana vai ser agitada pessoal e coletivamente, requerendo cuidado com precipitação em palavras e atitudes

Depois de uma semana relativamente calma do ponto de vista emocional, ainda que muito sobrecarregada de deveres, as previsões astrológicas indicam que os últimos dias de julho prometem ser agitados, esquentando particularmente de quinta-feira (30) em diante.Veja o nosso resumo e, na sequência, entenda cada previsão:

– Mercúrio se envolve em vários aspectos tensos nesta semana. Há propensão a discussões, irritabilidade e correria, bem como, a partir da metade da semana, pensamentos mais obsessivos ou crises.

– Vênus/Netuno, por sua vez, traz potencial de decepções e carências para o amor e engano com finanças.

– Prepare-se para a possibilidade de surpresas, rupturas ou intolerância, a partir de quinta-feira (30), com o Sol em quadratura com Urano.

– Notícias fortes, que geram crise, podem vir com Mercúrio/Plutão.

Vênus/Netuno: ilusões e carências no amor, e engano nas finanças

Volta nesta semana um aspecto que esteve presente em todo o mês de maio: uma tensão entre Vênus e Netuno. Mas, desta vez, a boa notícia, é que isto só vai durar apenas uma semana. Aqui vão as dicas para lidar melhor com este aspecto.

– Sabe “fantasia no amor”? Sonhar com algo que já passou ou que nem aconteceu, idealizar um ex amor ou alguém? É a cara da tensão entre Vênus e Netuno, que aumenta muito a carência. Então, para não fazer besteira, deixe o aspecto passar antes enviar aquelas mensagens. Se, na semana que vem você ainda sentir que vale a pena, tudo bem, pois vai ter passado do pico de intensidade desse aspecto e você vai poder tomar melhor a decisão.

– Pode ser que você esteja quieto no seu canto e a pessoa alvo de alguma fantasia é que vem te procurar. O conselho é o mesmo: não se deixe levar pela empolgação imediata, pois, na maioria das vezes, se não deu certo antes é porque havia problemas. Lembre-se disso.

– Há maior potencial a ilusão e, como consequência, a decepção. Por isso dê um tempo maior para conhecer o outro.

– As pessoas podem ficar mais sensíveis e carentes de modo geral. Sabendo disso, dê vazão à sensibilidade, à fantasia e à necessidade de relaxamento. Ver filmes mais fantasiosos pode ser uma ótima maneira de canalizar essa combinação.

– Compras nesta semana tendem a ser mais equivocadas, especialmente se forem motivadas por um impulso.

– Também é uma semana complicada para investimentos de maior porte.

– Fique de olho para não cair no “conto do vigário”. As previsões astrológicas indicam potencial aumentado de engodos e de promessas que não vão ser cumpridas.

– Tome cuidado para não perder objetos, e, assim, ter prejuízos. O dinheiro pode sumir mais com a tensão entre Vênus e Netuno.

No coletivo, notícias de fraudes financeiras envolvendo a pandemia infelizmente vão aparecer bastante. Situações nebulosas, em que não seja possível saber onde está a verdade, também tendem a surgir.

Atenção com irritação e reatividade verbal

Até sexta-feira (31), Mercúrio quadra Marte, aspecto que já aconteceu com Mercúrio retrógrado, de 5 a 12/07. Mas, desta vez, ambos os planetas também vão fazer tensão com Júpiter. É outro aspecto que requer cuidado, veja a seguir.

– Potencial de acidentes, como se machucar com um serviço doméstico, ou até algo mais complicado, por isto, redobre a atenção, e também com deslocamentos.

– Tendência a questões ou emergências ligadas ao lar, à vida pessoal, legais ou de trabalho.

– Pavio curto, irritabilidade e reatividade aumentada. Pense duas vezes em como vai abordar as pessoas para que não soe invasivo, impositivo, autoritário

– Potencial de nervosismo, ansiedade, correria e agitação. Se sentir que está pirando, desligue estímulos que possam atrapalhar.

– Organize a escala de prioridades para não ficar “tudo ao mesmo tempo agora”.

– Por causa de agitação, maior propensão a dores de cabeça, cólicas, dor de estômago. Se estiver sentindo isto, pode ser providencial, no final do dia, se deligar de estímulos, redes sociais, e colocar um vídeo com sons da natureza.

– Potencial de discussões superdimensionadas. Tente esfriar a cabeça. Se quiser evitar confusão, evite postagens polêmicas.

– Não é a melhor semana para ter conversas sérias.

– Inclinação, também, ao exagero em avaliações.

Mercúrio/Plutão: pensamentos intensos, profundos ou obsessivos

A oposição de Mercúrio com Plutão começa na quinta-feira (30), mas alguns podem sentir um pouco antes. Vai vir junto com um trígono de Mercúrio com Netuno, que pode atenuar os efeitos de Mercúrio-Plutão, mas isso vai depender de acionarmos esta energia.

Vamos primeiro ao “aspecto fofo”, que é Mercúrio em trígono com Netuno, que aumenta muito a intuição, imaginação e conexão. Pode indicar palavras que ajudem, suavizem, incentivem, se você buscar esse caminho. As previsões astrológicas para esse aspecto indicam algumas boas notícias, como gestos bacanas e solidários.

Já a oposição de Mercúrio com Plutão é um aspecto que aumenta muito a desconfiança, e, no plano coletivo, pode trazer notícias densas, de mortes, acirramento de conflitos, coisas que são descobertas e que chocam, como crimes, disputas de poder ou esquemas de corrupção.

Outra coisa é que discussões podem não ser bacanas aqui. Existe potencial de usar a palavra para ferir, machucar e como instrumento de poder para tentar submeter o outro.

E, como Vênus/Netuno está acontecendo também, decepção com pessoas podem ocorrer. Em relacionamentos tensos, a semana é de potencial de briga e negatividade, embora Mercúrio/Netuno possa trazer alguma via de conciliação para que não haja piora.

Mas, claro, nem todo mundo fica em uma frequência tão pesada desse aspecto. Para quem não estiver na frequência acima, há chance de encucações, crises no plano mental.

Todavia, é também um aspecto com potencial de cura. Muitas vezes, um terapeuta ou consultor não diz, por exemplo, o que a pessoa quer ouvir. A pessoa pode estar se iludindo quanto a uma expectativa e o papel do terapeuta, do astrólogo ou do consultor é mostrar isso.

Para quem estiver aberto a transformações, é um ótimo contato, que pode ter seu lado doloroso (já que não é fácil se desvincular de ilusões), mas também libertador. Decisões sobre finais e transformações podem ser tomadas aqui.

Agora, fique ligado ao lado excessivo de Mercúrio/Plutão, que pode suscitar paranoia, desconfiança exagerada, enxergar o pior de algo, ter pensamentos obsessivos. Essa vibração um tanto negativa pode emendar, ainda, na oposição de Mercúrio com Saturno, que até a metade da próxima semana. Por isso, fique atento à negatividade.

Ênfase na liberdade, intolerância e impaciência

Se você achou que o Céu já estava de bom tamanho, se enganou, pois tem mais um aspecto: Sol em quadratura com Urano, a partir de quinta-feira (30). O tom deste aspecto é a busca por libertação e liberdade, com pouca paciência com amarras. Assim, a inclinação, em qualquer situação sufocante ou limitadora, vai ser apertar o botão de ejetar. A liberdade fica mais importante do que nunca neste aspecto, o que pode ser positivo para pessoas que realmente estejam precisando disso.

Mas vale alertar que para quem não tem o mínimo de paciência e tolerância com nada esta combinação, presente até a metade da próxima semana, só aumenta isto.

Se tiver alguma situação que você sente que vai partir para uma ruptura, e esta não for a melhor alternativa, se afaste, peça um tempo, fundamental para espairecer. E é melhor não pegar no pé de ninguém esta semana. Por exemplo, ser sufocante e ciumento se o seu parceiro que já vem reclamando disso pode ocasionar uma ruptura.

No plano coletivo, tendência a eclosão de fatos surpreendentes, o que coloca mais lenha na fogueira de um Céu Astrológico bem agitado da metade da semana em diante.

E, se achou que era pouco, Marte começa quadratura com Júpiter também a partir da quinta-feira, com este aspecto presente até 10/08. Tendência a ações exageradas, hiperconfiantes. Na melhor das hipóteses, você é chamado para muitas coisas e tem de dar conta de tudo. Na pior, mais gente tende a agir de forma arrogante, com excesso de confiança, e se dar mal lá na frente, como alguém que termina um relacionamento para satisfazer o ego achando que vai recuperá-lo depois, e mais tarde não consegue. Vale, assim, refletir sobre o que estiver fazendo.

Deixe um comenário