Astrologia

Consulta astrológica versus software, como é que fica?

publicado por

Escrito por Josylene Sousa , astróloga desde a década de 80, dá consultas individuais, é professora de astrologia e responde como consultora  por revistas astrológicas. Mora  em Bauru/SP.

Fui procurada por uma pessoa que se dizia “astrólogo” e queria saber como eu trabalhava. Imaginei que a curiosidade fosse porque trabalho a Astrologia com metodologia diferenciada e humanista. No meio da conversa soltei a pergunta comum a qualquer ASTRÓLOGO: “Qual é o seu ascendente?”. E ele respondeu: “Ah, eu não me lembro agora, te digo depois…” Fiquei apreensiva com a resposta, porque qualquer astrólogo conhece não só o seu Ascendente de cor como o seu mapa inteiro.

Um dia, ocasionalmente, falando com uma cliente que me procurou para o lançamento de um produto da empresa dela, descobri que ele cobra um valor irrisório e interpreta mapa. Sabe como? Com software!

A Informática veio ao mundo para facilitar a nossa vida, isso é incontestável. Mas também trouxe uma boa quantidade de confusões e mal entendidos para um segmento profissional: a Astrologia. A Astrologia é uma ciência experimental de observação, só e simplesmente. Nenhum astrólogo faz adivinhações, entra em transe, prediz o futuro ou qualquer coisa do gênero. Somente quem desconhece os verdadeiros princípios da Astrologia pode dizer isso. Além disso, já dizia o velho adágio: “os astros inclinam, jamais DETERMINAM!”

O Astrólogo Profissional é um interprete de símbolos astrológicos que compõem um mapa. A astrologia só tem sentido na medida que enriquece a vida de todos e torna mais satisfatória a tarefa de viver.

Infelizmente, de uns anos para cá muitos foram os softwares astrológicos lançados no mercado. E sem nenhum critério de venda ou respaldo profissional muitas pessoas o adquiriram e começaram a se autointitular ‘astrólogos’, para grande prejuízo dos verdadeiros profissionais.

Enquanto um profissional demora 10 a 20 dias estudando um mapa e escrevendo de 15 a 50 páginas dependendo do estudo, visando sempre orientar e ajudar o que no momento se torna o seu “paciente”, um leigo que tem o software o faz em poucos minutos, em 3 ou 5 páginas, sem nenhum critério específico. Na verdade, o serviço de astrólogo dessa pessoa se resume em digitar os dados e mandar imprimir um texto.

Para o software todas as pessoas com o mesmo Signo Solar, Ascendente, ou Planeta na Casa será igualzinho ao outro, e para um astrólogo verdadeiro isso só poderá acontecer com Gêmeos Astrais, e ainda assim terá diferenças, porque cada ser é único e tem livre-arbítrio.

É claro que o software ajuda o Astrólogo Profissional, que agora não fica mais horas fazendo cálculos, procurando os trânsitos ou debruçados sobre efemérides, tábuas planetárias e de casas, e mais livros e livros. Mas a interpretação que um astrólogo é capaz de fazer será sempre mais sofisticada do que a de um computador, mesmo que os softwares tenham sido alimentados com bons textos.

A Astrologia muitas vezes é mal interpretada e vista como por muitas pessoas como uma religião ou como ‘poderes mágicos’, imagem inclusive perpetuada em propagandas enganosas na mídia, nas quais são atribuídos aos astrólogos ritos e habilidades que desconhecem. É esse tipo de imagem que facilita o florescimento desse desagradável comércio, aliás, muito lucrativo para quem o pratica.

O Astrólogo tem como objetivo principal – ou missão – ajudar o indivíduo em dificuldade a compreender-se melhor e a suportar com maior dignidade uma situação difícil ou trágica que atravessa naquele momento. I

Na verdade, o trabalho do Astrólogo não termina com a entrega da interpretação do mapa, ele começa justamente aí e pode durar anos. E é o próprio cliente quem retorna, sem que haja pedido nenhum por parte do astrólogo.

Para se tornar um astrólogo é necessário um estudo mínimo de 3 a 5 anos, conhecimento de matemática, física, geografia, história, psicologia, além de noções básicas de astronomia e teologia. Fora isso, o astrólogo tem que estar atento aos acontecimentos do mundo e do universo. Além disso, o verdadeiro astrólogo não pára de estudar nunca, vive como se estivesse em constante preparação para um vestibular ou uma prova, sempre estudando muito. Ele precisa ser muito bom intérprete e, acima de tudo, respeitar a si como profissional e aos outros como seres humanos.

RSS Feed

Assine o RSS FEED e não perca nenhuma novidade do nosso site!
Você também pode receber as atualizações da semana assinando por email!

Deixe o seu comentário:

Vanessa Tuleski

Vanessa Tuleski iniciou seus estudos de astrologia em 1989, passando a atuar como astróloga profissional 7 anos depois. Dá consultas astrológicas no Rio de Janeiro ou através do Skype para outras cidades. Agende a sua consulta!

É palestrante do evento anual de previsões astrológicas Presságios (RJ), colabora com os sites Personare e Constelar. Membro do SINARJ, palestrou eventos para astrólogos promovido por este sindicato de 2012 a 2017, e, novamente, em 2019, com duas palestras.

Atenção: este site NÃO é destinado a consultas gratuitas. Para tirar dúvidas sobre o seu mapa, é necessário agendar uma consulta paga. Respeite o astrólogo como um profissional que estudou para realizar o seu trabalho e que precisa ser remunerado, assim como um médico, advogado e qualquer outra profissão. O profissional agradece.

Mais sobre Vanessa Tuleski »

2020 - Vanessa Tuleski - (CC) Todos os Direitos Reservados - Desenvolvido por Magno Valdetaro
O conteúdo deste site de autoria de Vanessa Tuleski está sob a licença de Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil. Nenhum conteúdo deste site pode ser copiado e reproduzido em outro site sem autorização do autor! Mais detalhes aqui!

Creative Commons License