Céu da Semana de 28 de dezembro de 2020 a 3 de janeiro de 2021

Por

Última semana de 2020 e primeiros dias de 2021 têm clima de esperança e estímulo, mas também doses de carência

Veja o que esperar da última semana de 2020.

  • Até quarta-feira (30): um estimulante aspecto do Sol com Urano renova as nossas energias e abre portas para libertações internas e coisas novas. A Lua se torna cheia, a fase mais extrovertida de todas, mas também a com menos equilíbrio emocional e ansiedade, se não cuidarmos.
  • Até quinta-feira (31): uma quadratura de Marte com Plutão alerta em relação a riscos, perigos e belicosidade, além de eventos coletivos e/ou fenômenos climáticos mais intensos.
  • De quarta-feira (30) até domingo (03): um lindo aspecto entre Mercúrio e Netuno inspira pensamentos e favorece meditação e conexão com a espiritualidade, além de palavras mais suaves. Mas a partir do domingo, começa uma conjunção de Mercúrio com Plutão, o que pode trazer notícias mais intensas e potencial de palavras mais pesadas.
  • Até 1º de janeiro: uma quadratura de Vênus com Netuno pode nos deixar mais vulneráveis nas relações e propiciar enganos com compras e dinheiro.

Sensação de estímulo e libertação

Depois dos recentes ingressos de Saturno e Júpiter em Aquário na semana passada, para ficarem, respectivamente, cerca de dois anos e um ano neste signo, o regente de Aquário, Urano, também vem em destaque desde a semana passada, com aspectos fluentes com Mercúrio (já afastou) e com o Sol (com início na semana anterior). A sensação, mesmo que ainda estejamos em pandemia, é a de potencial de libertação e renovação, algo ligado a Aquário e seu regente, o que nos dá uma leveza antecipada, mesmo que na prática a distribuição de vacinas e calendário de vacinação venham a envolver complexidade no nosso país.

O trígono do Sol com Urano fica presente até a quarta-feira (30) traz uma sensação de “vida nova”, até porque o Ano Novo ocorre nesta semana. É um ótimo aspecto para se libertar internamente, ser inventivo, criativo e romper a rotina.

Que tal meditar, realizar conexões espirituais e ter palavras mais positivas?

De quarta-feira (30) a domingo (03), ocorre um aspecto inspirador para a virada de ano: um sextil entre Mercúrio e Netuno, que permite acessar nossa intuição, realizar conexões, meditar e visualizar metas e inspirações para o próximo ano. É um contato que ativa a imaginação e a criatividade,

Também é um ótimo momento para transmitir palavras mais suaves, esperançosas e positivas para outras pessoas.

A partir do domingo (03), podendo ser sentido um pouco antes, uma conjunção de Mercúrio com Plutão tende a trazer notícias e pensamentos mais intensos. Pode ser interessante tentar moderar palavras e comunicações, para que não fiquem muito contundentes.

Última semana de Marte/Plutão

Um aspecto pouco agradável é a quadratura Marte/Plutão, presente em toda a segunda quinzena de dezembro, e que só termina no último dia de 2020. É um contato de risco e ameaça, algo congruente com um final de ano com altos índices de contaminação do COVID-19.

Assim, este aspecto pede alerta com a pandemia, e não relaxar somente porque se espera a chegada de vacinas em algum momento.

Fora isto, Marte/Plutão também requer cautela e estratégia na vida pessoal, já que há um potencial belicoso, que pode se traduzir em disputas pessoais, embates de poder e riscos diversos.

Você talvez se sinta com mais medo e ameaçado por estes dias, e, embora tal sensação não seja confortável, atua no sentido de acionar o alarme para se acautelar quando for necessário.

Eventos climáticos mais extremos também são comuns com esta combinação, podendo acontecer em qualquer lugar do mundo. Ademais, tende a haver mais atos de violência, incêndios e acidentes.

Marte, em Áries desde 27/06, um tempo bastante longo para os trânsitos deste planeta, trouxe mais gás, começos e energia, mas significou também várias batalhas e enfrentamentos, em especial no segundo semestre. Passa a última semana completa neste signo, já que em 06/01, muda para Touro, com outro tipo de forma de agir (mais lenta e cautelosa) e outras temáticas, como você verá no artigo da próxima semana.

Sensibilidade e menor objetividade com dinheiro e compras

Uma tensão entre Vênus e Netuno, presente de domingo (27) a sexta-feira (01), pode nos deixar mais sentimentais. O aspecto aumenta a carência, que pode ser comum no final do ano, como a saudade de entes queridos que já partiram e/ou pessoas ou situações do passado – ou até do que gostaríamos de ter e não temos. No meio disso, pode haver muita fantasia.

Além disso, compromissos podem falhar mais por motivos diversos.

Do lado positivo, incrementa a empatia com o outro, mas requer mais atenção com as finanças e com compras, movidas por maior potencial de engano e distração. Parece que o dinheiro “vai para o ralo”, sem percebermos no que estamos gastando.

Aliás, enganos também podem acontecer em relação a contatos e relacionamentos. Esta combinação costuma aumentar o número de golpes, sejam virtuais ou de outra natureza.

Deixe um comenário