Céu da semana de 28 de junho a 4 de julho de 2021

Por

Semana de forte tensão tende a acontecimentos marcantes no âmbito coletivo

O principal aspecto da semana é Marte envolvido em um cabo de guerra entre Saturno e Urano, com o primeiro pedindo paciência e o segundo gerando forte impaciência e desejo de libertação. O âmbito coletivo fica propício para manifestações, atos de rebeldia (e também ações repressivas), desabamentos, acidentes e acontecimentos inesperados. A propensão a acidentes – que se estende para a semana que vem – está no ar. Não é hora de brincar com fogo e se arriscar, tende a haver um aumento da agressividade e a predominar a lei do mais forte sobre o mais fraco.

A partir de sexta-feira (02), o Sol em sextil com Urano traz mais clareza sobre mudanças a serem feitas e um espírito mais independente e criativo. Todavia, também se inicia uma quadratura com de Mercúrio com Netuno, que pode proliferar fake news, golpes virtuais e enganos – coletivos ou individuais.

As fortes tensões de Marte nos primeiros dez dias de julho

Marte é o planeta da ação, começos e iniciativas, e, desde a semana passada, já está se opondo a Saturno, com o aspecto exato na quinta-feira (01). Tudo pode ficar mais difícil, lento ou atravancado, seja porque há medos ou até mesmo travas concretas, como pessoas que estão em casa após terem contraído COVID-19, por exemplo.

Ao mesmo tempo, Marte também inicia quadratura com Urano, exata no sábado (03), e com efeitos até 09/07. Tudo o que Marte/Saturno toca para e/ou torna mais lento. Marte/Urano, por sua vez, gera uma grande impaciência, ficamos à beira de um estouro ou explosão, e, por isto, podemos sentir grande ansiedade nestes dias por mudanças, liberdade, avanços, mas coisas que nos seguram, internas ou externas.

2021: o ano em que novas tendências apontam com força, mas em que também é um desafio mudar do velho para o novo

Marte está ativando o principal aspecto de 2021, que é a quadratura Saturno/Urano, que está causando uma grande revolução social e econômica ligada a uma pandemia que obrigou todos a mudarem. A quadratura Saturno/Urano expressa a tensão entre o velho modelo, que existia até 2019, e o novo modelo de pandemia, ligado a home office, à perda de estabilidade, desejo de não ficar preso a lugares fixos (já que o home office permite isto) e, ao mesmo tempo, a necessidade de aumento de criatividade para fazer frente a um momento de baixa econômica em razão dos efeitos da pandemia.

Saturno/Urano e a zoação da Geração Z para a Y

Esta tensão entre o velho e o novo esteve por trás da polêmica, na semana passada, entre uma suposta discussão entre a geração Z, que teria nascido a partir de 1997, e os “millennials”, geração Y, nascidos entre 1980 e 1996, cujos representantes mais velhos hoje estão com 41 anos. Os mais novos teriam perguntado aos seus pares de geração Z o que achavam “cringe”, isto é, vergonhoso, no que até então seria a geração Millennial, que curtiu Sandy e Júnior, ver ou rever Friends e Harry Porter. Em poucos dias, pessoas de todas as idades tiveram que procurar a palavra “cringe” na Internet, até então desconhecida da maioria. É de se supor em que um ano em que Saturno e Júpiter estão em Aquário que o público jovem e as redes sociais ganhassem ainda mais força, conforme eu já tinha antecipado em vários artigos sobre 2021.Vide a visibilidade que teve o BBB 2021 e o fenômeno Juliette.

Aumento de ocorrências como desabamentos e eventos imprevisíveis

A quadratura Saturno/Urano, por sua vez, também aparece no prédio que caiu em Miami na quinta-feira (24). Estruturas que caem são típicas deste aspecto, bem como mudanças inesperadas em coisas antigas e consagradas, como a saída súbita do apresentador Faustão da Rede Globo, que, por seu turno, algo também ligado a esta quadratura, realiza um processo intenso de modernização/reestruturação.

A combinação Marte/Urano é altamente acidentável. Então não espere dias tranquilos no primeiro terço de julho. E tome cuidado. Esta combinação, junto com Saturno, também pode dar distensões musculares, na coluna, ações imprudentes, brigas e tensões e uma maior imprevisibilidade no dia a dia, sendo que a partir da semana que vem Vênus também fazer parte da configuração Marte/Saturno/Urano. Pode ser um momento de rupturas e, no âmbito coletivo, de muita agressividade.

Sexta-feira tem aspecto que traz clareza para a busca de saídas

Na sexta-feira (02), o Sol faz um bom aspecto com Urano, que se estende por uma semana. A combinação pode indicar o surgimento de boa válvula de escape para as tensões mencionadas, bem como abertura para algum tipo de mudança. Há uma clareza maior em buscar soluções e caminhos, uma atitude de mais independência e criatividade. Esta combinação também fala que quebras de rotina e/ou o contato com pessoas estimulantes pode ter o poder de revitalizar e ajudar a mostrar novos caminhos.

A partir de sexta-feira, confusões e mal-entendidos

Mas um outro aspecto começa no mesmo dia que o anterior e durando o mesmo tempo: uma tensão entre Mercúrio e Netuno. Esta combinação, que já ocorreu de meados de maio até os primeiros dez dias de junho, produz inclinação a confusões e mal-entendidos na comunicação e nos assuntos do dia a dia. Vai ser preciso fazer um esforço maior para se ter clareza. Você vai dizer “A” e outro vai entender “B”, ou não vai entender. Pense que um tanto de engano, distorção e impressionabilidade podem afetar o plano mental e as comunicações e no surgimento de notícias confusas.

Há também mais potencial de distração, por isto confira o que fizer. E vai ser preciso atentar também para armadilhas, pois fraudes têm maior facilidade de acontecer sob esta combinação, bem como vazamento de dados, golpes em aplicativos e aumento de fake news. Talvez seja melhor não comprar de um site que você não conhece, por exemplo. Se tiver de assinar contratos, leia com muito cuidado.

Deixe um comenário