Céu da Semana de 4 a 10 de janeiro de 2021

Por

Primeira semana de janeiro já vem agitada, pedindo cautela com palavras e agressividade, mas com chance de bons negócios e química no amor

Veja o que esperar da primeira semana de 2021.

  • A suavidade de um sextil do Sol com Netuno, que inspira esperança, criatividade e empatia.
  • Três planetas mudando de signo: Vênus ingressando em Capricórnio na sexta-feira (08), pedindo investimento na carreira, sucesso e realizações; Marte, ingressando em Touro na quarta-feira (06), favorecendo uma ação mais focada em poucos objetivos, mas mais persistente, e Mercúrio ingressando em Aquário também na sexta-feira, propiciando um plano mental mais inventivo, criativo, agitado e aberto a inovações.
  • Muitos compromissos e um dia a dia corrido: é o que promete Mercúrio sendo acelerado por Marte, e Marte, por sua vez, sendo pressionado por Saturno. Aliás, a pressão no trabalho, e com obstáculos para alcançar alguns objetivos, vai ser forte em praticamente em boa parte de janeiro.
  • Potencial de comunicações e atos agressivos e risco de acidentes: se quer evitar discussões inúteis, vai ser preciso tomar cuidado com a forma como fala, já que Mercúrio, o planeta da comunicação, ficar uma boa parte da semana conjunto ao intenso Plutão e em tensão belicosa com Marte. E Marte em disputa com Saturno. E as polêmicas vão continuar na semana que vem também. É hora, igualmente, de fugir de riscos, pois o perigo vai rondar, podendo ocasionar acidentes.
  • Para vendas e dinheiro a primeira semana de 2021 começa muito bem, com uma ótima sinergia entre Vênus e Marte. Boas notícias também para os relacionamentos, que vão estar com mais estímulo e química. E Vênus em Capricórnio, a partir de sexta-feira (08), abre uma boa temporada para solteiros que anseiam por algo mais sério.

Semana abre com esperança e intuição

Ao longo da semana, o Sol faz um aspecto fluente com Netuno, que amplia a inspiração, criatividade e empatia. A recomendação é “seguir o fluxo” e ficar aberto a coincidências, pistas e sonhos. O aspecto, exato na sexta-feira (08), favorece todo tipo de terapia holística, bem como meditações e visualizações. Eis uma ótima forma de começar a primeira semana do ano.

Mercúrio, o planeta da mente, muda de signo e ingressa em Aquário

Mercúrio vem transitando por Capricórnio desde 20/12, ficando neste signo até a manhã de sexta-feira (08), quando ingressa em Aquário. Em Capricórnio, Mercúrio propicia uma atmosfera mental mais prática, cautelosa e realista, mas, em alguns momentos, mais pesada e pessimista também. Este cauteloso signo do elemento Terra é mais desconfiado, ao estilo “vale o que se pode comprovar”.

Em Aquário, signo do elemento Ar, Mercúrio pode “voar mais” mentalmente, porque lida melhor com novas ideias, ângulos e visões. A passagem de Mercúrio por Aquário é considerada auspiciosa por boa parte dos astrólogos, porque o plano mental fica mais ágil, intuitivo, mas sem perder o lado lógico e até científico, que Aquário muito aprecia.

O lado negativo é que o potente Mercúrio em Aquário é hiper acelerado, então tendemos a ficar mais sujeito a insônias e agitação mental, por exemplo.

Em 2021, vamos ter um tempo excepcionalmente longo de Mercúrio neste signo, por causa da retrogradação deste planeta em fevereiro, então, ao invés do trânsito habitual de duas semanas em cada signo, Mercúrio vai ficar em Aquário até 15 de março! Aproveite a faceta positiva deste trânsito para se abrir ao novo e ao que possa modernizar o seu dia a dia e a sua vida. Também abra-se a entender questões de uma forma menos apaixonada e mais distanciada. O trânsito também favorece renovar e mudar a forma de enxergar muitos assuntos.  Favorece processos mentais e terapias que descolem do passado e tragam novas perspectivas para o futuro.

Semana pede cuidado com discussões

Como se não bastasse a mudança de signo, Mercúrio vai bater recorde de contatos nesta semana. Até quarta-feira (06), vai estar em conjunção com Plutão, e, de quarta-feira em diante (06), podendo ser sentido até antes, em aspecto de tensão com Marte. Vamos começar explicando estes dois aspectos. Veja a seguir como podem se manifestar, lembrando que nem tudo precisa acontecer na sua vida, já que se fala de tendências.

– Verdades cruas sendo reveladas, seja uma notícia ligada a um problema (um diagnóstico médico negativo) e ou a um falecimento. Tendência a desconfiança, pensamentos mais intensos e obsessivos.

– Notícias também intensas no âmbito coletivo.

– Palavras com um potencial mais contundente, na verdade, bastante ferino. Mercúrio/Marte, exato na sexta-feira (08), do lado negativo, fomenta a agressividade verbal e troca de agressões. Se não curte brigas virtuais, tome cuidado com o que posta nas redes sociais nesta semana, pois vai ser um período bem quente para polêmicas. Também podem acontecer discussões no dia a dia, como em filas e outros lugares.

– Risco de acidentes e incêndios. Lembra que no ano passado foi noticiado um acidente fatal com a atriz Naya Rivera em um lago? Muitos moradores daquela região reclamaram sobre a falta de avisos quanto ao lugar ter um histórico de afogamentos, apesar da aparência calma. Pois o acidente aconteceu durante a vigência de um aspecto Mercúrio/Marte, como agora, assim, esta não é uma semana para correr nenhum tipo de risco. Se, por exemplo, estiver de cabeça quente ou irritado, o que pode acontecer nesta semana, tente se acalmar antes de dirigir ou pegue um taxi.

– Já deu para sacar que, com uma semana verbalmente tão explosiva, o mote vai ser para que tente ser mais seletivo com as palavras. Vale lembrar aquele velho ditado “quem fala o que quer ouve o que não quer”. Pois isto vai se encaixar como uma luva para a primeira semana de janeiro.

– E um outro potencial é muita correria e agitação. Sabe aqueles dias com muitas coisas para fazer, decidir e algumas reuniões de emergência convocadas de última hora? Pode acontecer isto. Neste caso, respire fundo e conte até dez.

A partir de sexta-feira (08), Mercúrio faz conjunção com Júpiter e Saturno, e, a partir de domingo (08), quadra Urano. Esta mistura é um pouco o “samba do criolo doido”, por envolver planetas com funções diferentes, que vão influenciar o dia a dia e a esfera mental. Júpiter expande e gera otimismo (algumas vezes, até exagerado). Saturno, por sua vez, contrai e tende ao realismo, mas no seu excesso, ao pessimismo, e Urano pode trazer notícias inesperadas (possivelmente atuando mais na semana que vem).

Bom, vamos começar com Júpiter e Saturno. Mais perto do final de semana, podemos ter problemas para pensar e resolver, e também sermos forçados a buscar saídas. Também podemos nos ver muito ocupados e corridos, aquilo que acabou de ser dito nos parágrafos anteriores. A semana pode ter preocupações, sobrecargas, mas também saídas e ajudas. E também um potencial de que algo que, a princípio, pareça mais duro e/ou realista, possa abrir a sua cabeça de algum modo, se você estiver disposto a mudar a sua mentalidade.

Última semana de Vênus em Sagitário e ingresso de Vênus em Capricórnio

Presente desde 15/12, Vênus em Sagitário tem um tom festivo. Esta alegria é boa, muito embora tenha causado dores de cabeça na pandemia, que infelizmente não é uma época que favoreça a vontade natural de Vênus em Sagitário de se aventurar e expandir socialmente e ser mais descontraído.

A partir de sexta-feira (08), Vênus ingressa no ambicioso Capricórnio, ficando neste signo durante todo o restante de janeiro. O nosso grande apreço vai ser por trabalhar, se esforçar, o que é natural depois da época natalina e de Réveillon, o famoso “é hora de mãos à obra”.

No amor, Vênus em Capricórnio favorece o grupo que busca mais compromisso e estabilidade. Para os comprometidos, é hora de demonstrar amor com gestos concretos, tempo e dedicação, e não apenas com palavras. E, para solteiros, sinalizar o que se quer e ver se é o que o outro quer. Se ambos quiserem compromisso capricorniano, vai dar o famoso “match”.

Vênus vai estar em boa sintonia com Marte durante toda a semana, o que conjuga afetividade e química, apreço e atitude. Ótimas notícias para o amor, não? O mesmo vai valer para as finanças, com chance de fechamento de transações e fechamento de negócios.

Marte entra em Touro depois de seis meses em Áries

Marte habitualmente passa um mês e meio em cada signo, mas, por causa da retrogradação deste planeta em 2020, ficou em Áries longuíssimos (para seus padrões) 6 meses, desde 27/06 do ano passado. Teve um efeito muito bom de dar mais iniciativa, atitude, tomadas de decisões e propiciar começos.

Mas o potente Marte em Áries também pode ter gerado, para alguns, mais brigas e/ou atos de individualismo. Foi notável o número de incêndios, algo associado a Marte, em vários meses do segundo semestre de 2020.

A partir de quarta-feira (06), Marte ingressa em Touro, para ficar neste signo até o início de março. Marte em Touro, de um modo geral, comparado ao posicionamento anterior, vai ser muito mais lento para tomar decisões e empreender começos, pois touro pensa, avalia. Todavia, demonstra mais persistência para concretizar um ou dois objetivos traçados, sendo este um ponto forte deste posicionamento. O trânsito também favorece trabalhar por objetivos mais concretos, como fazer mais dinheiro, algo bem taurino.

A única exceção a esta energia mais lenta e conservadora de Marte em Touro, vai ser a fase de 14 a 26 deste mês, quando o encontro do planeta vermelho com Urano vai acelerar muitas coisas e empurrar para mudanças.

No que tange a agressividade, Marte em Touro é menos provocador do que Áries, mas é mais resistente, fixo e teimoso. Sabe aquela frase “dou um boi para não entrar em uma briga, mas uma boiada para não sair”? Expressa bem a teimosia deste posicionamento, a respeito do qual também vai ser preciso tomar um certo cuidado com preguiça, inclusive aquela para malhar e fazer exercícios. Marte em Áries, o posicionamento que dominou o segundo semestre de 2020, foi mais ativo e energético. Touro vai mais pela “lei do menor esforço”, mas, se isto for bem compreendido e usado, não vai ser prejudicial. Em geral, vamos querer nos espalhar menos e focar mais.

Marte/Saturno inaugura três semanas em que pode haver mais conflitos, obstáculos e agressividade

A partir desta semana, e até 21/01, Marte vai fazer uma difícil quadratura com Saturno, o que aumenta a resistência e teimosia narrados, podendo não ajudar na conciliação de determinadas situações que já estejam em divergência, como um término de relacionamento recente.

No âmbito coletivo, a quadratura é tendente a atos fortemente repressivos e disputas acirradas. É um contato bem agressivo, sendo que já foi feito um alerta quanto a esta característica desta semana.

Além disso, é um aspecto que vai exigir muita resistência e persistência, pois vai ser mais comum encontrar obstáculos e demoras a ações que se queira empreender.

Vamos falar mais dele na semana que vem, já que ele vai durar três semanas e vai ficar exato em 13/01.

Deixe um comenário