Eclipse e Lua nova de 26/12/19 tem determinação para transformar e busca por resultados

Por

Destaque para Escorpião e Capricórnio favorece os temas de transformação e de questões práticas e materiais

No dia 26 de dezembro de 2019, às 2h13 do horário de Brasília, ocorre a Lua Nova em Capricórnio, a qual também é um eclipse anular solar, com visibilidade total na Índia, Sri Lanka, Cingapura, Malásia, Brunei, Emirados Árabes, Arábia Saudita, Omã, Sumatra e Qatar. Na Austrália e no continente africano, o fenômeno acontece de forma parcial. Este artigo vai explicar em detalhes como o eclipse vai atuar na sua vida pelo tempo imediato de um mês e nos cinco meses subsequentes.

Os efeitos de uma Lua nova e de um eclipse

A Lua nova atua por um espaço de 30 dias. Já o eclipse atua, no mínimo, 6 meses até o próximo eclipse de igual natureza, isto é, solar ou lunar. Alguns estudiosos tendem a estender este prazo, dizendo que um tipo eclipse só suplantado por outro equivalente. Exemplo: um eclipse solar total duraria até o próximo eclipse solar total ocorrer, o que pode levar até 2 anos.

Mas vamos ficar, por enquanto, com a regra dos 6 meses, que já foi testada. Como esta vai ser uma Lua nova e um eclipse, tudo o que vai ser dito aqui vai estar bem visível por 30 dias, mas ainda reverberando por mais 5 meses.

Além disso, eclipses ocorrem em grupos de dois ou três próximos. Em meados de 2018, por exemplo, ocorreu um eclipse solar em 12/07, um lunar em 27/07 e mais um solar em 11/08. Cada um destes eclipses aconteceu em um grau diferente e trouxe temáticas diferentes, fazendo com que os meses de julho e agosto daquele ano tenham sido bem agitados.

Um outro fato importante é que a época em que ocorrem os eclipses são de mexidas, como se houvesse um grande efeito catalizador, provocando mudanças, conforme explicado neste artigo, que também contém dicas sobre como se preparar para um eclipse.

Meados de 2019: veja como funcionaram os eclipses para entender o atual

Em julho de 2019, aconteceu um eclipse solar no dia 02 e outro, lunar, no dia 16. O eclipse lunar de 16/07/19 foi interpretado e vale ler em retrospecto. O mapa dele continha desafios e observei muitas pessoas tendo alterações de trabalho (como pedir demissão voluntariamente ou mudar de setor) ou de saúde, uma vez que ocorria na Casa 6, relacionada a estes temas. Muitas pessoas de círculos próximos ao meu perderam familiares por infarto ou câncer, ou fizeram mudanças ou tiveram novos desafios no trabalho.

Por isto, é um engano pensar que um eclipse é algo distante de você, já que ele pode acontecer para você, em maior e menor escala, e, principalmente, reverberar ao redor de forma bem evidente. Se possível, releia um artigo sobre um eclipse mais de uma vez, pois em 6 meses podem acontecer muitas coisas.

Por último, há autores que acreditam que o eclipse só atua na região da Terra em que é visível. A experiência mostra que eles atuam ao redor do globo todo, mas que são particularmente fortes nas áreas onde são visíveis. Por exemplo, o eclipse de 14/12/2020 vai ser visível na América do Sul, incluindo o Brasil, então vai ser muito mais impactante para o destino do nosso país do que o de 26/12/19, mas isto não quer dizer que este do dia 26/12 não vai atuar.

Eclipses: época de mudanças

Feita esta introdução, que era muito necessária para você entender o tempo de atuação e os efeitos de um eclipse, pode-se dizer que as três ou quatro semanas antes e depois de um eclipse são de grandes mudanças, como se algumas coisas saíssem de cena e entrassem outras. Por exemplo, é comum haver mais pedidos de demissão ou mudança de setor nas proximidades de um eclipse do que em qualquer outra época. Além disso, com frequência surgem fatos novos que provocam um certo atordoamento. Alguns são vistos, de forma imediata, como negativos e depois pode-se vislumbrar o que há de positivo neles, que mudanças eram necessárias ou, mesmo, aquilo que era inevitável.

Lua nova e eclipse de 26/12 traz forte impulso para a transformação

Agora vamos ao mapa astral eclipse e Lua nova de 26/12, que tem por Ascendente o signo de Escorpião e com Marte também em Escorpião, uma posição de grande força potência. E para quê? Para transformação. Marte em Escorpião tem uma motivação visceral para isto e vai além: tem disposição para colocar em prática, realmente fazer. Então, se você precisa emagrecer, mudar algo, transformar, o primeiro semestre de 2020 é a hora para isto. Este Marte em Escorpião, bem aspectado com Plutão (o regente de Escorpião, o que redobra a determinação) e com Saturno, que governa a ordem e a disciplina, é um verdadeiro presente para quem quer transformar. Um Marte de Casa 1 fala: mexa-se.

Também é um posicionamento que pode aumentar o número de cirurgias, algo marciano, não raro voluntárias, como finalmente operar uma parte do corpo que há muito tempo vem apresentando problemas. Coragem é algo que não falta para Marte em Escorpião.

Todavia, não dá para negar que um Ascendente em Escorpião também pode trazer um aumento coletivo de perdas e mortes, especialmente envolvendo acidentes e figuras masculinas (Marte), pois este também é um dos temas ligados a este signo.

Sob o desejo da prosperidade e das mudanças financeiras

O segundo ponto é que a Casa 2, do dinheiro, está muito enfatizada, com 4 dos 10 planetas astrológicos nela, com o detalhe que Sol e Lua estão conjuntos ao próspero Júpiter, e todos no signo de Capricórnio. Tradução: a ambição, um traço marcante do signo da cabra montanhesa, estará despertada, com foco em questões financeiras. Mercúrio em Sagitário, também na Casa 2, vai indicar um grande otimismo, mas vai ser preciso realmente arregaçar as mangas, pois Capricórnio não poupa trabalho.

O período pode trazer a possibilidade de grandes transações financeiras, como compra e venda de imóveis entre particulares, ou de empresas e fusões em um âmbito mais amplo. O intuito vai ser prosperar. Agora, não se espere sutileza nisso e isto vale para 2020 todo: o ambicioso Capricórnio pode passar com um trator rumo ao progresso com Júpiter ali. Assim, por exemplo, a simpática e próspera empresa familiar pode ser comprada por uma multinacional, que vai transformá-la em outra coisa, ou um proprietário de uma casa de uma região comercial receber uma oferta generosa para vender e perceber que, mesmo que não queira vender, se não fizer isto, pode ficar ilhado.

Fora do grande universo corporativo e empresarial, o tema dinheiro e finanças (Casa 2), com produtividade e foco (Capricórnio), vão ser importante para todos. Sol/Lua/Júpiter fazem um aspecto harmonioso para Urano, o planeta da mudança, que, na Casa 6 pode engendrar mudanças em métodos de trabalho, na rotina, no emprego e também novas ideias de negócios e serviços. Outra boa coisa de Urano na Casa 6 bem aspectado com Lua e Sol: novos hábitos de alimentação ou de saúde.

Mas, atenção, como foi alertado no guia para entender 2020, empreendimentos não vão prosperar sem muito trabalho e planejamento. O ano de 2020 não vai perdoar ingenuidade e amadorismo. Todavia, os aspectos do mapa deste eclipse são bem auspiciosos para quem estiver alinhado com a realidade, e também souber ser criativo e inovador. Além disso, vai ser preciso, em 2020, oferecer qualidade e ser competitivo seja para se lançar ou se manter.

O setor da complexidade: parentes, irmãos, documentos e deslocamentos

Saturno e Plutão estão na Casa 3, dos deslocamentos, parentes, irmãos, vizinhos, documentos, plano mental e comunicações. Isto pode indicar que algumas das encrencas, ou coisas para resolver poderão se relacionar com estes assuntos. Exemplo: um irmão que não está bem em um casamento. Um síndico que não vem agradando. Um trabalho intelectual que seja mais cansativo, ou uma documentação trabalhosa. A sorte é que Saturno e Plutão estão em um aspecto fluente com Marte, o que dá saída e energia para lidar com estas questões, não importa o quão pedregosas sejam.

Amor conjugado com liberdade

E como vai o amor, neste mapa, que vai ser plenamente sentido, como foi dito, até 24/01/20 e indiretamente se estender pelos próximos 5 meses? Vênus, o planeta do amor, está no signo de Aquário, o signo da liberdade, e aspectado com Urano, o regente de Aquário, o que pode ser lido como “liberdade ao quadrado”. Então, se você está, por exemplo, esperando que aquela pessoa com quem você vem saindo há pouco tempo oficialize algo, tem mais chances para que isto não aconteça ou aconteça em um tipo de acordo bem livre.

Ou então, se você está solteiro(a), talvez possa começar um tipo de relacionamento totalmente inesperado para o seu padrão, com diferença de idade ou outro tipo de diferença. Para os solteiros sortudos que querem iniciar um relacionamento e conseguirem isto, o romântico Netuno está na Casa 5, podendo indicar uma grande conexão com o outro. Só não dar certo ser muito cobrador e/ou nerótico(a), já que Vênus em Aquário detesta isto e tal comportamento pode até colocar em risco algo que estiver nascendo e/ou engrenando.

Já se você está comprometido(a), a liberdade vai ser importante individualmente, bem como a busca por estímulos, pois Aquário e Urano detestam o excesso de esquemas prontos ou acomodação. É possível que haja afastamentos temporários na relação por motivos de ordem maior, como viagens a trabalho ou por um hobby em que o um não queira acompanhar (corrida de motos no deserto). Estes afastamentos, porém, podem até ser bons e darem uma renovada.

Agora, se relação já não vem bem há muito tempo, com aquele jeito de desconexão, desentendimento ou distanciamento, é bem possível que os próximos meses venham a ter uma alta chance de ser efetivada uma separação ou ruptura. Este eclipse, em particular, pode movimentar afetos, com separações e até potencial de perdas súbitas. Além disso, pode mexer com relações familiares, como, por exemplo, um filho que sei de casa para estudar em outra cidade.

Um outro ponto é que Vênus em Aquário é muito bom para amizades e laços com pessoas afins, mas é bem pouco tolerante com obrigações e chatices. Então, se você tem um parente que você ama, mas com quem não tem afinidade para conviver estreitamente, é melhor estabelecer uma distância saudável, não ficar muito próximo, para não se aborrecer ou surgirem conflitos, já que Vênus/Urano algumas vezes tem a ver com relações que ficam rompidas e/ou cortadas por algum tempo.

O eclipse no seu mapa

Como você já notou, o eclipse tem uma conotação geral, já definida pelo mapa dele. No entanto, pode ser interessante ver em que Casa Astrológica o eclipse cai, e que assuntos ele tende a ativar e a mexer, trazendo questionamentos e/ou fatos novos.

Tecnicamente, o eclipse de 26/12 ocorre a 4 graus de Capricórnio, por isto você precisa ver, no seu mapa, em que Casa este grau está.

Por exemplo, se você tem Ascendente a 6 graus de Câncer, o eclipse vai cair na sua Casa 6, mas olhe também a Casa 7, já que está a apenas dois graus dela, em conjunção com o que se chama de linha do Descendente.

Se você tem Ascendente a 20 graus de Gêmeos, e a sua Casa 8 começa a 20 graus de Capricórnio, o eclipse ocorre na sua Casa 7.

Alguns exemplos de como o eclipse atua. Sônia, aposentada, pode ter o eclipse caindo na Casa 2, do dinheiro, e sentir que precisa encontrar uma nova atividade, seja porque a aposentadoria não cobre tudo o que precisa ou então por vontade e necessidade de se ocupar e usar seus talentos. Além disso, seu filho André, que até então morava com ela, decide passar um tempo fora (lembre-se que este eclipse pode mexer com relações familiares), o que vai aumentar a necessidade de ela buscar algo para se realizar e ganhar dinheiro.

João, de 42 anos, pode ter o eclipse caindo na Casa 3 e ter alguma questão para resolver com o condomínio do seu prédio. A sua habilidade em se comunicar (Casa 3) pode ser testada. Em alguns casos, vai ter que checar se é flexível e disposto a discutir outras ideias. Também pode ser que comece a viajar muito por questões de trabalho. Outra possibilidade é que um irmão seu esteja passando por uma separação em seu casamento ou mudança no seu trabalho.

Graça, de 52 anos, divorciada há vários anos, pode ter o eclipse caindo na sua Casa 7, Casa dos relacionamentos, e começar a se questionar porque está sozinha há tanto tempo e no que sua atitude precisa mudar. Ela também pode conhecer alguém que mexa bastante com ela, embora isto não necessariamente vá acontecer, mas é uma hipótese possível para um eclipse na Casa 7.

A melhor amiga de Graça, Rosa, por sua vez, que por coincidência também vai ter um eclipse na Casa 7, pode decidir pôr fim a um namoro de 6 anos porque sente que seu parceiro é muito acomodado, está muito aquém materialmente dela e que ela, há muito tempo, não obtém satisfação e troca nesta relação.

Casa 1: a própria pessoa, começos, aparência, saúde, atitude de vida.
Casa 2: dinheiro, valores pessoais, posses, talentos, questões materiais.
Casa 3: estudos, papéis, produção intelectual, irmãos, parentes, vizinhos, viagens curtas, deslocamentos.
Casa 4: lar, família, bases, raízes, passado, infância.
Casa 5: filhos, criatividade, amores, prazer, gratificação, lazer.
Casa 6: trabalho, rotina, saúde, alimentação, tarefas.
Casa 7: relacionamentos, parcerias, inimigos e aliados, compartilhamento com outras pessoas.
Casa 8: transformações, cirurgias, finais de ciclo, sexualidade, relações íntimas, investimentos com outas pessoas, dinheiro partilhado, patrocínios, crises.
Casa 9: viagens longas, especializações, estudos superiores, filosofias e religiões, visão de mundo.
Casa 10: carreira, objetivos maiores, realizações, vocação.
Casa 11: grupos, amigos, projetos para o futuro, inserção no coletivo.
Casa 12: questões internas, vulnerabilidade, mundo interior, psíquico e espiritual, influências inconscientes, ações de bastidores, lidar com o tema da solidão ou de estar na própria companhia.

Deixe um comenário