Consulta Astrológica com Vanessa Tuleski

Por

A astróloga

Com formação acadêmica em Publicidade e Propaganda, e pós-graduação em Marketing, iniciei meus estudos em Astrologia muito jovem, e comecei a atender profissionalmente em 1996, quando meu site foi ao ar. Na época, ao invés de seguir o padrão de horóscopo, o único vigente, confiei que o meu público seria capaz de entender uma interpretação sobre o Céu em Geral para todos, e não apenas segmentados em 12 signos.

Foi algo inovador, e hoje já muito consagrado! Atualmente é comum que os astrólogos falem do Céu e façam a previsão da semana desta forma, descrevendo os aspectos diários da Lua em vídeos, artigos e posts, mas, quando comecei, ninguém fazia isto. Fui pioneira neste formato que se tornou tão popular quanto o dos próprios horóscopos.

A fim de impulsionar um site novo em algo novo chamado Internet, eu postava um texto falando sobre o Céu e abordando algum tema relacionado a Lua do dia, trazendo reflexões diárias,. Escrever sobre os temas ligados ao signo onde a Lua estava passando me possibilitou um profundo entendimento da ordem do zodíaco e de cada um de seus signos, ajudando para que mais tarde publicasse o ebook SIGNOS ASTROLÓGICOS – AS DOZE ETAPAS PARA A AUTO-REALIZAÇÃO.

Além de astróloga, sou apaixonada por tudo o que é humano. Fui buscar ler sobre comportamento, psicologia, espiritualidade e terapias em geral. Acredito que esta bagagem também me ajude muito no processo de dar consultas.

Já ministrei muitas palestras, lives e minicursos de Astrologia e participei de vários eventos da área, de nível nacional, como palestrante. O meu tempo como astróloga hoje me faz estar a frente da média dos astrólogos, pois já saí há muito da fase de reprodução de conteúdo (que é super válida enquanto um conhecimento não é ainda firme) para realmente raciocinar astrologicamente, o que leva tempo para acontecer.

Colaboro com o Personare (o maior portal de astrologia, autoconhecimento e bem estar do Brasil!) e faço, sempre com algum convidado, o Céu da Semana no Youtube do Personare . Também produzo conteúdo para o meu próprio canal no Youtube. Tenho uma página no Facebook e um perfil no Instagram (com conteúdos diferenciados do que abordo no site, vale a pena conhecer), além de um grupo de notificações no Telegram. Já deu para notar que adoro me comunicar, seja por vídeo ou por escrito, e esta troca intensa com as pessoas!

Método e estilo de trabalho

A minha consulta é um misto de previsão e mapa natal, que acontece de forma flexível durante a consulta, até respeitando o perfil da pessoa que a está procurando. Eu noto quando um cliente quer e precisa mais de orientação para o ano e quando o cliente precisa mergulhar mais no autoconhecimento. Os anos de atendimento já dão um faro natural para perceber isto.

Antes da consulta on line pelo Google Meet, eu peço para os clientes me fornecerem os dados de nascimento e também breves informações sobre os contextos (profissão, estado civil, se tem filhos) e do que está motivando a consulta. A razão é porque eu quero saber como está a vida do cliente agora, e como a Astrologia pode ajudar, até mesmo em suas questões emocionais. Eu tenho uma visão que uma consulta deve ser mais um trabalho de coaching, direcionamento e orientação do que de exatamente de “previsão”, no sentido estrito da palavra. Por isto, muitas vezes, durante ou após a consulta, eu também recomendo livros, cursos ou terapias que possam auxiliar a pessoa nas temáticas abordadas.

Gosto de ser muito clara em tudo o que eu faço, então, fiz agora uma lista do que você deve esperar ou não da minha consulta.

O que você NÃO deve esperar da minha consulta 

1.    Previsões assertivas, como “daqui a dois anos você vai se separar e depois de três anos vai casar”. Não é o meu estilo, e se você acredita que seu destino já esteja todo fechado e traçado, e que a minha função é somente ler o que já existe para você, como se você fosse apenas cumprir um roteiro pronto antes de nascer (modelito “zero livre arbítrio”), a consulta comigo será frustrante, pois não vou fornecer este tipo de dado e previsão.

2.    Previsões mês a mês. Exemplo: “em janeiro, você vai estar triste, em fevereiro, um ex-amor vai ligar, e, em março, tome muito cuidado porque você poderá quebrar o seu pé”. O meu foco é em um panorama geral e, quando destaco épocas, não é desta forma, além de nem tudo ser tão organizado na Astrologia como se imagina.

3.    Que eu tome decisões por você. Exemplo: com base em uma Sinastria (estudo de relacionamento) diga se você deve ou não ficar com alguém e “se vocês são compatíveis” (o que, aliás, é algo que não existe em Astrologia, mas este é um outro capítulo). Não creio que seja da competência de ninguém decidir o seu destino, mas tão somente te ajudar a enxergar mais claramente os fatos para que você mesmo tome suas decisões.  Afinal, quem vai pagar o preço por suas escolhas será você, não é mesmo?

4.    Consulta estilo cartomante, com muitas “adivinhações”. Deixo claro que não tenho nada contra cartomantes, mas não é o tipo de consulta que eu faço.

O que você PODE esperar da minha consulta 

1.    Que não sou fatalista, nem negativista, pelo contrário, tendo a ser mais para otimista.

2.    Que provavelmente a consulta será em parte uma terapia, porque eu vou olhar para o seu mapa natal, para quem você é, e não somente para o que está acontecendo no seu mapa.  Eu vou aproveitar para trabalhar VOCÊ enquanto falo do seu momento. Um segredinho: sou muito boa em mapa natal!  São anos de experiência nisso, por isto trago sempre informações interessantes da pessoa para ela mesma.

3.    Que eu vou usar o mapa para tentar ajudar nas suas deficiências, mas também mostrar seus talentos e pontos fortes. Assim, se você curte autoconhecimento e se aperfeiçoar, vai gostar da consulta comigo!

4.    Que eu vou falar nas oportunidades, chances, mas não em fatos consumados, pois quem consuma os fatos é o cliente. Então eu direi: “tem boas chance de dar certo”, “caso você resolva estudar no exterior, como pretende, será interessante para você, pois há trânsitos favorecendo esta possibilidade, mas não posso garantir que você irá conseguir; no entanto, há portas abertas”, e assim por diante.

5.    Que meu papel é de colaboradora, usando uma ferramenta que é a Astrologia, e não de vidente absoluta. Eu não sei todas as respostas (nem mesmo para mim). Não espere isto de mim.

6.    Que a conversa vai dar o tom da consulta. Cliente aberto e interessado em se desenvolver, aprender, e que ama construir seu destino e vislumbrar possibilidades, consulta ótima. Cliente que quer um monte de previsões com muitas datas, tudo prontinho e mastigado, como se não coubesse nada para ele fazer, que não quer olhar para dentro de si mesmo e analisar o que pode estar fazendo de errado e o que pode aprender, consulta frustrante.

Portanto, vai dar mais certo se você desejar menos saber o que vai acontecer no seu futuro, e, sim, como entender (e aproveitar) o seu momento, as tendências astrológicas e se guiar por isto. Não ser um agente passivo de previsões prontas, mas ter consciência do seu papel em fazer a sua vida e as suas escolhas, usando, para isto, a preciosa ajuda da Astrologia.

A consulta

Estou fazendo pelo Google Meet, com duração de até duas horas, e gravo o áudio da consulta e no dia seguinte envio para o seu e-mail. Eu me preparo para a consulta estudando o mapa natal e as previsões e abordo o que for relevante para o momento dentro deste espaço de tempo. Na maioria das vezes, como já mencionei, acaba sendo um misto de autoconhecimento com previsão (e tenho notado que o público adora este formato mais flexível e aberto).

Detalhe: uma consulta de previsão astrológica (ou melhor, de orientação sobre os ciclos que estão acontecendo no momento) tende a contemplar o período de cerca de um ano para a frente. Para quem não sabe, previsões astrológicas NUNCA são de longo prazo, como muita gente imagina, e nem com a riqueza de detalhes de uma consulta com um vidente (“o astrólogo vai me dizer se vou ter filhos, quantos, etc”). Não interessa falar de algo daqui a 10 anos, você tem de entender o seu cenário de cerca de um ano a partir do seu momento imediato, para atuar no seu presente usando as preciosas informações astrológicas para isto.

Regras da consulta

01. A consulta se encerra em no máximo duas horas. O aproveitamento da consulta também depende do cliente. Às vezes o cliente está mobilizado emocionalmente e precisando falar, e eu dou todo carinho e acolhida, mas não é possível ficar além do tempo. Pode ser que naquele momento se converse o que for possível e um ano depois o cliente pode retornar e absorver mais. Lembre-se que toda consulta tem a sua razão de ser.

02. Concentre-se no que deseja focar, gerencie bem o SEU tempo de consulta. Não haverá possibilidade de tirar dúvidas depois. Se você tiver dúvidas, vai ter um áudio para ouvir novamente. Ou pode marcar uma nova consulta se realmente achar que precisa abordar novas questões. Muitos clientes marcam uma consulta anual, em geral na época de seus aniversários. Ou depois de dois anos. Cada um tem o seu intervalo de tempo para querer “limpar o para-brisas sujos” e ver o que a Astrologia está mostrando.

03. A consulta é focada somente em VOCÊ. Não envie dados astrológicos de cônjuge, filhos, pessoa(s) em que você esteja interessado(a). O trabalho também não vai incluir fornecer datas para  iniciativas (este é trabalho meticuloso, feito e pago à parte, não fazendo parte de uma consulta padrão).

Em uma consulta de Astrologia, não se deve medir quantidade de informação, e sim, a QUALIDADE da informação. Se existe, por exemplo, algum padrão difícil que tenha que ser examinado é melhor falar disso, apostando em profundidade, do que recitar várias características astrológicas somente a título de “encheção de linguiça” ou por curiosidade. Eu gosto de consulta assim, profunda!

Tenha em mente, portanto, que a responsabilidade por aproveitar bem o tempo disponível é a de quem está pagando por ele, sabendo que, ao final de quase duas horas, é preciso terminar a consulta, que encerra ali, sem complementos posteriores. Uma nova consulta, com um novo valor pago, pode ser marcada, se for necessário.

Valor da consulta e pagamento

O valor da consulta é R$ 580,00 e o pagamento deve ser feito até a quarta-feira da semana anterior a da consulta. Pode ser por PIX, transferência, doc/ted ou, se você quiser, também pode parcelar em 6 vezes de R$ 107,03 com cartão de crédito usando o PagSeguro.

Pague com PagSeguro - é rápido, grátis e seguro!

Observação: se você tem urgência de um atendimento, entre em contato antes de realizar o pagamento para saber como está o agendamento, pois eventualmente poderá não haver disponibilidade para uma data próxima.

Para quem quer análises de mapa infantil, entre em contato.

Realizar uma consulta astrológica é investir em você. O autoconhecimento e a noção dos ciclos em que estamos envolvidos podem ser informações valiosas para nos direcionar em nossas vidas! O valor de uma consulta de Astrologia pode parecer elevado (e o valor que eu cobro é o de um profissional com a minha experiência do eixo Rio/São Paulo), e eu nem acho que seja (lembre-se que ele se dilui em um prazo de um ano), mas ela pode ajudar a entender questões bem importantes, ser algum marco de transformação, embora isto não dependa somente de um bom astrólogo, mas de quem recebe a consulta.

Para agendar uma consulta, mande um e-mail ou envie uma mensagem por WhatsApp (21) 98115-6044.