2019 inspira novas aventuras e otimismo

Por

Ano favorece criar e aproveitar oportunidades, mas com planejamento

Um novo ano começa e ter uma visão geral de quais serão as principais influências coletivas pode ajudar muito em decisões como abertura de empresas, por exemplo, dentre outras. Trata-se, contudo, de um panorama coletivo, ou seja, não individualizado. De qualquer forma, é possível perceber qual é o tom geral do ano.

Sonhando com pés no chão

No finalzinho de 2017, Saturno ingressou em Capricórnio, e vai ficar nele até 2020. Transitar no próprio signo que rege destaca enormemente um planeta, o que significa que temos que nos alinhar ao que os princípios do signo e planeta pedem (veja “7 Conselhos para lidar com Saturno em Capricórnio“). Saturno é o planeta da estrutura, realismo, enquadramento e maturidade. Estes atributos foram necessários em 2018 e continuarão sendo em 2019.

Você pode e deve sonhar, e alguns sonhos serão possíveis de serem realizados, graças a uma boa sinergia, em 2019, entre Saturno, o planeta do realismo, e Netuno, o planeta dos sonhos. Isto irá permitir conseguir algumas coisas almejadas, como a sonhada casa própria ou outra meta. Mas nem por isto deve-se tirar os pés do chão. Se, por exemplo, segue uma carreira artística e ainda precisa ter um outro trabalho para obter rendimentos, invista e aposte no seu sonho com confiança, encontrando maneiras de se promover, mas não deixe inteiramente que é seguro se não tem como se bancar por muito tempo.

Lembro de um cliente que vou apelidar de John. John era um guitarrista profissional talentoso que gostava do gênero rock. Para realizar seu sonho, ele resolveu trabalhar por algum tempo em outro país. Mas John fez um plano de ser motorista de aplicativo, já que no início não teria como viver apenas de música. É isto que 2019 vai pedir. Contudo, o ano não será somente segurança, pois há um trânsito que também pede ousadia, conforme explicado a seguir.

Força para ousadia

A grande diferença de 2019 para o ano anterior é o trânsito de Júpiter por Sagitário. Assim como o trânsito de Saturno em Capricórnio, Júpiter está no signo que rege ao transitar em Sagitário e esta combinação é bastante expansiva. Muita coisa que andava fechada e em crise pode se abrir em 2019, e vai ser muito bom aproveitar esta “onda” de crescimento.

Contudo, na verdade, ela também pode ser uma espécie de bolha, pois em dezembro de 2019, Júpiter, planeta do crescimento, ingressa em Capricórnio, onde vai transitar por um ano, sendo que esta combinação tem a ver com restrição, exigência e cobrança, e não exatamente com fatura e progresso fácil e/ou exponencial.

Assim, o grande desafio de 2019 é aproveitar as oportunidades que surgirem, mas não se empolgar em excesso, como gastar por conta, achar que tudo serão sempre “vacas gordas”. Deve-se portanto, ousar, mas, conforme já foi dito no tópico anterior, com os pés no chão e algo muito capricorniano: planejamento.

Muitas empresas e negócios fecham não porque não ofertem bons produtos ou serviços, mas simplesmente por má administração, seja em termos de organização, pagamento impostos, ou, ainda, em termos financeiros, com saques ou gastos acima dos ganhos, muitas vezes contando com um caixa futuro, e não com o que já existe, o que pode ocasionar a quebra quando o mercado desacelera. E, com o sóbrio e exigente Saturno em Capricórnio até 2020, não se está em tempos de pecar nestes quesitos básicos.

Atmosfera mais otimista e expansiva

Mas Júpiter em Sagitário não ajuda somente a crescer mais nos negócios e empreendimentos (com os cuidados acima sublinhados): também cria uma atmosfera mais otimista como um todo. Sagitário é o signo do exterior, viagens, cursos, filosofias, especializações, enfim, dos grandes sonhos, e eles ficam enfatizados em 2019.

Muita gente, assim, vai querer fazer a viagem almejada, mudar de país, estudar no exterior ou se lançar em algum projeto novo, empolgante e expansivo. Há um forte apelo para aventura e a expansão, pessoal, profissional, de conhecimento, em vários níveis. Em 2019, vamos observar grandes eventos e um clima mais festivo e grandioso do que na maior parte de 2018. A educação, sobretudo acadêmica, regida por Júpiter, receberá um grande impulso. Anseio por saber mais e galgar degraus.

Armadilhas ao longo do ano podem levar a enganos

Contudo, em será preciso ter atenção com os meses de janeiro até meados de fevereiro, junho e julho e setembro até meados de outubro, quando Júpiter quadra Netuno. Há chance de haver equívocos em relação a coisas que prometiam crescimento, desde negócios até relacionamentos, e que poderão não se revelar o que se imaginava.

Exemplo: uma pessoa começa a fabricar chapéus personalizados e vende bastante no verão, e, com isto, pensa em montar um negócio. Pode ser que o negócio (este é apenas um exemplo fictício) tenha se saído muito bem no verão, mas não tenha fôlego para algo a longo prazo da forma como foi planejado. Será preciso, assim, muito cuidado com empolgação e avaliações incorretas. Você pode, é claro, testar, pois é assim que se aprende, mas o aspecto é negativo para apostas cegas. A bolsa de valores poderá estar especialmente enganosa e escorregadia, levando a grandes perdas. Aliás, falências podem acontecer, bem como emergência de informações negativas segredos em relação a figuras e/ou entidades de muita referência.

Júpiter em quadratura com Netuno é, por definição, o aspecto do “canto da sereia”, por isto muita atenção com o que parecer promissor e for muito exagerado, pois, como as pessoas ficam mais cegas e empolgadas sob o efeito dele, estelionatários e pessoas mal intencionadas podem fazer a festa – e muitos estragos. Por isto, atente com o que parecer incrível ou bom demais (até mesmo pessoas de quem não tenha referência) e não faça negócios e transações sem comprovação e segurança mínima. A ingenuidade pode custar caro, inclusive no sentido de saber não aproveitar boas chances e coisas boas, por ter confiado em pessoas erradas ou não ter sabido se valorizar ou se cercar de cuidados.

Alguns meses sinalizarão cansaço e esgotamento de trabalhos e relações

Relações, trabalhos e estruturas que já estejam provocando cansaço há algum tempo podem dar mais sinais de esgotamento nos meses de abril, julho, setembro/outubro, quando Saturno fica conjunto ao Nodo Sul. Talvez fique difícil levar aquele relacionamento, empresa, trabalho adiante se ele(a) já não vem indo bem há muito tempo, mas, em alguns casos, talvez não haja outra alternativa a não ser a paciência, se não for possível realizar mudanças.

Também é provável que problemas de saúde crônicos possam se manifestar, em especial aqueles regidos por Saturno: ossos, articulações, pele, joelhos, dentes, coluna e visão. Saturno em Capricórnio, na saúde, está cobrando limites de todo mundo. Contudo, nem sempre vai ser fácil lidar com o empolgado Júpiter em Sagitário, que vai na direção contrária, e que muitas vezes nos faz nos excedermos (comer, beber, curtir). Será preciso encontrar um equilíbrio. De todo modo, 2019 pede mais visitas ao médico e exames, tendência que se estenderá para 2020 também.

Os três períodos de atrapalhos 

Mercúrio retrógrado já é um velho conhecido dos apreciadores da Astrologia. Três vezes por ano, o fenômeno ocorre e equipamentos podem apresentar defeitos, serviços essenciais entrarem em greve, trabalhos podem ter de ser refeitos e compromissos remarcados. Assim, anote os períodos a seguir no calendário para, se possível, evitar lançamentos, já que são fases de atrapalhos. E evite cirurgias não emergenciais, pois há chance de que precisem ser refeitas/reparadas posteriormente.
05/03 a 28/03/2019
07/07 a 01/08/2019
31/10 a 20/11/2019

A grande direção no ano: família e vínculos

Câncer é o signo da família e dos vínculos próximos
Câncer é o signo da família e dos vínculos próximos

Em 2018, o Nodo Lunar Norte transitou por Leão, com eclipses ocorrendo neste signo e no signo oposto, Aquário. Foi o tempo de trabalhar a identidade e a individualidade (Leão). Em 2019, o Nodo Lunar Norte transita por Câncer, com os eclipses ocorrendo neste signo e no oposto (com exceção é um eclipse em janeiro, com a Lua no grau zero de Leão), trazendo uma nova direção: família, vínculos e vida pessoal.
Este é um dos grandes focos do ano, embora Saturno transitando por Capricórnio, signo oposto, requeira muita dedicação ao trabalho. Então, vai ser preciso suprir as duas pontas, o que e nem sempre é fácil.

Contudo, quem há muito tempo vem colocando a carreira muito a frente do restante dos assuntos vai sentir necessidade de criar um novo movimento para a vida privada, lembrando que as épocas de eclipses (janeiro, julho e final de dezembro) podem ser ativadoras de crises e/ou mudanças de direção, que possivelmente vão envolver o âmbito familiar (Câncer), carreira e objetivos (Capricórnio). De toda a forma, a grande direção do ano é nutrir algo importante na sua vida particular. Mais pessoas pensarão em se casar, ter filhos, comprar uma nova casa, reformar, mudar de cidade ou país, ou fazer um movimento que traga mais significado a sua vida pessoal.

Netuno em trígono com os Nodo Lunar Norte de maio a agosto pode fazer com que mais pessoas se sintam inspiradas a buscar práticas de meditação e/ou ligadas a espiritualidade. O aspecto também tende a manifestar com pequenas sortes e confluências que ajudam a suavizar o caminho, claramente de esforço em 2019, apesar de chance de surgirem oportunidades bem bacanas e interessantes, com Júpiter em Sagitário.

Urano em Touro vindo para ficar por sete anos

Depois de uma passagem em 2018, Urano ingressa definitivamente em Touro a partir de março de 2019, para ficar até 2026. Este trânsito traz novas formas de enxergar propriedade, recursos, dinheiro, agricultura, valores pessoais, relacionamentos e estabilidade, temas taurinos. De agora em diante, será preciso, por exemplo, ser mais independente e criativo com recursos para se dar bem. Para muitos, será “você por você mesmo”, com incentivos para a criatividade e autonomia nos negócios.

Urano ingressou em Touro pouco depois da reforma trabalhista no Brasil, que já mudou muitas coisas nas relações de trabalho, e em breve vai se falar novamente em reforma previdenciárias, em função de Saturno estar em Capricórnio, signo ligado a velhice e ao futuro.

Dezembro: um tom diferente do restante do ano

Em 2 de dezembro, Júpiter sai do alegre, otimista e expansivo Sagitário e ingressa em Capricórnio, havendo também um eclipse no dia 26. Isto tudo provoca uma mudança de tom em relação aos outros meses, pedindo uma atuação mais alinhada com este signo, de sobriedade, trabalho, ambição, foco e prevenção. O eclipse no final do mês pode trazer reviravoltas e novos fatos, coletivos ou individuais. É um período, portanto, de mexidas, com isto se estendendo para o primeiro mês de 2020.

Um aspecto positivo de dezembro, porém, é um trígono entre Júpiter e Urano, propiciando inovações e trazendo aberturas e oportunidades de última hora. Boas novas para o setor agropecuário (elemento Terra). Com Júpiter em Capricórnio, o fator “sorte, virada e oportunidade” também tenderá a estar mais visível com quem já vem trabalhando com persistência e dedicação.
Um outro ponto importante é que, com Júpiter em Capricórnio em dezembro, o céu passa a ter uma grande ênfase no elemento Terra, pois há mais dois planetas em Capricórnio, Saturno e Plutão, e um em Touro. A Terra é o elemento do plantar e colher, de ter posturas condizentes com a realidade, e isto vai ser uma marca de 2020. Administrar bem os recursos financeiros e naturais vai ser uma necessidade. Em termos econômicos e mundiais, prevê-se uma grande reestruturação e crises acontecendo em 2020, com a quebra de paradigmas e modelos e surgimento de outros. Mas isto é assunto para o próximo artigo de previsão.

1 comentário sobre “2019 inspira novas aventuras e otimismo”

Deixe um comenário