Os mapas astrais da vida e morte do ator Paulo Gustavo

Por

Morre uma estrela

Pediram para que eu escrevesse sobre a morte do Paulo Gustavo. Estou muito triste com a notícia, apesar de ter imaginado que pudesse acontecer. 😞 Escrevi sobre isto no meu artigo sobre a Superlua de 27/04/21:

“O mapa da Lua cheia de 27/04/2021 para Brasília vai ter Ascendente em Aquário e Urano na base do mapa, conjunto ao Fundo-do-Céu, que marca o início da Casa 4. No ano passado, a Lua cheia de 31/10 trouxe um mapa com estas mesmas duas características e, no dia de Finados, houve a notícia da morte de Tom Veiga, o Louro José, vitimizado por um acidente vascular cerebral aos 47 anos de idade. O evento foi um abalo (Urano) nos lares brasileiros (Casa 4, família) de uma figura familiar, que o público tinha em alta conta afetiva. Assim, não se descarta que possa acontecer um evento súbito semelhante nesta Lua Cheia.

(…)

Portanto, esta Lua cheia, mais do que uma Superlua, tem um mapa impactante, que pode trazer algum acontecimento semelhante ao já citados ou algum susto, surpresa ou reviravolta, em especial envolvendo alguma figura masculina, já que o Sol (símbolo do masculino) está conjunto a Urano e ao Fundo-do-Céu, um dos pontos mais sensíveis de um mapa astrológico, que amplifica os efeitos dos planetas próximos a ele.”

A morte de Paulo Gustavo aconteceu com o Sol conjunto a Urano da impactante Lua cheia. Mas também com o Sol em tensão com Saturno, uma luz (Sol) que se apaga (Saturno), deixando um rastro de tristeza, desânimo e melancolia (Saturno). Este aspecto também fala que algo que se rompeu (Urano) dentro de Paulo, de forma irreversível, terminando em um triste esgotamento (Saturno).

Internação na vulnerável Lua Nova de Peixes

O comediante foi internado em 13/03/2021, quando começou a Lua Nova que deixou claro o agravamento da pandemia no Brasil, com hospitais e UTIs lotados, e muita gente morrendo. Foi uma Lua Nova de EXTREMA VULNERABILIDADE, e foi esta Lua Nova que inaugurou a agonia do amado ator de Niterói.

Naquele dia, Sol, Lua, Netuno e Vênus estavam todos em cima do Nodo Sul de Paulo, em Peixes, reforçando a hipersensibilidade à condição viral (Peixes). Saturno transitava em tensão ao Sol de Paulo, um aspecto tanto de baixa vitalidade como de momentos de desafios. Marte, em Gêmeos, signo dos processos respiratórios, começava a quadrar o Saturno em Virgem de Paulo, representando uma batalha (Marte) duríssima (Saturno) que se iniciava naquele dia, do COVID-19 (Gêmeos) em relação a sua saúde (Virgem).

Paulo Gustavo: um super escorpiano com talento de Júpiter em Escorpião

Paulo, um super escorpiano, com 5 planetas neste signo, teve a força de seu signo fixo, lutando bravamente por mais de dois meses, esgotando todos os recursos possíveis, na luta contra a morte (regida, por sinal, por Escorpião). Próximo da Lua cheia de 27/04, começaram as notícias de que teria revertido o quadro. Como bom escorpiano, esperava-se que a fênix renascesse. Todos acreditam nisso, inclusive eu, que preferia ter errado a previsão nada agradável do mapa da Lua cheia.

Mas, não. No apagar das luzes de 04/05, o sorriso do Brasil esmaeceu. O Céu, com 6 planetas em signos fixos, pressionando fortemente os 6 planetas fixos do mapa natal de Paulo Gustavo (uma batalha de titãs, e note-se o inusitado paralelo de números), finalmente vergou a força do ator.

Acerca de sua personalidade, só pode-se dizer, de forma sucinta, que tinha a perspicácia e observação deste signo. Saturno em Virgem possivelmente o tornava detalhista em seu trabalho. E nasceu com o Sol caminhando para uma conjunção com Urano em Escorpião, morrendo, por sua vez, com o Sol exatamente no signo oposto a Escorpião, Touro, afastando-se também do súbito Urano. Um verdadeiro quebra-cabeça astrológico muito bem encaixado.
 
Urano certamente era uma das marcas de sua personalidade criativa e “fora de todas as caixinhas”, além de hiperativa. E, Escorpião, de uma vida vivida com toda a intensidade. Realizou o sonho de ser pai em 2019, após ele e seu marido terem tido derrotas nesta questão. Mas Escorpião não desiste fácil, e assim o talentoso ator não desistiu fácil da vida.

Um luxuoso Júpiter em Leão, em aspecto com o seu Sol, lhe conferiu o brilho, carisma e talento de artista, e a destinação dos palcos. A Lua, por sua vez, se envolve em uma forte conjunção com Plutão no signo de Libra, representando a mãe intensa e superprotetora, que inspira a divertida, afetiva e exagerada personagem de peça e filme, interpretada com total domínio e naturalidade.

O relógio cósmico da morte

Na hora da morte, 21h12, Plutão, significador de crises e mortes, estava na Casa 1 do mapa. Saturno, por seu turno, regente do corpo físico, recebia um quadratura, aspecto tenso, do Sol, regente da oitava casa, da morte. A Astrologia registra “coincidências” como se fosse um impressionante relógio cósmico.

Sinto muito por esta mãe que perde um filho querido e amoroso e assim próximo dos dia das mães. Paulo Gustavo parte deixando dor e perplexidade no coração no Brasil, mais uma dentre as inúmeras vítimas de uma dura pandemia mundial, com tantas perdas.

Artigo escrito em 04/05/2021

Deixe um comenário