Astrologia

Sinastria – parte 1

publicado por

Com quem eu combino?

Uma das perguntas mais freqüentes em Astrologia é ‘Com quem eu combino’? A princípio, você combina com signos de mesmo elemento que o seu. Por exemplo, Libra, Gêmeos e Aquário combinam entre si, porque todos são Ar e todos usam muito a mente, a sociabilidade e a comunicação.

Há uma afinidade natural entre signos do mesmo elemento, mas o que acontece se você é um sagitariano, que adora sair e passear, e conheceu uma canceriana, e mesmo sabendo que ela é mais caseira que você, cai de amores por ela? Será que você não combina com ela?

Na verdade, você pode combinar e muito, mas isso não será dito apenas por seus signos solares. É para isso que serve a Sinastria, uma verdadeira arte que diagnostica pontos dissonantes e harmoniosos. Inclusive, é bom que você saiba desde já que pontos dissonantes podem significar harmonia, pois todo relacionamento precisa de um pouco de dinamismo. Se houvesse só afinidades talvez você não fosse tão importante para aquela pessoa e nem ela para você.

O artigo de hoje vai desvendar um pouco dessa verdadeira química que é o encontro entre duas pessoas. Entre duas pessoas existem afinidades (ou desarmonias) visíveis, afinidades sutis ou um verdadeiro acordo entre mapas, que fazem com que um casal forma um par muito forte e inesquecível.

As afinidades visíveis

Afinidade visível é quando um planeta seu está em no mesmo signo que o meu, no mesmo elemento, ou em sextil (60 graus entre eles). A tensão (que, como já foi dito, pode ter um lado estimulante) existe quando um planeta seu está em noventa graus com o meu, em oposição ou em um signo que não tenha nada em comum com o meu (quincunce, 150 graus).

Vamos ilustrar a conjunção, que é um planeta seu junto com o meu. A conjunção é o aspecto mais poderoso da Sinastria. Suponhamos que o seu Júpiter e o meu Vênus estejam muito próximos, em Touro. Eu aprecio o seu bom humor e você gosta do meu jeito de ser. Tendemos a curtir as mesmas coisas. Podemos gostar de boa comida, da natureza e de coisas mais simples. Temos ambos um prazer palpável para vida! É claro que isso cria uma afinidade imediata entre nós.

Agora suponha que eu tenha o Sol em Gêmeos e você tenha a Lua nesse mesmo signo. Eu tenho flexibilidade, adoro me comunicar e estou em constante movimento. Já você tem um humor excelente, se adapta a lugares e pessoas diferentes e gosta de ver a vida de um jeito leve e descontraído. Sol e Lua é uma das mais poderosas afinidades em Astrologia, porque a pessoa da Lua aproveita a vitalidade da pessoa do Sol e e a pessoal do Sol encontra um acolhimento na pessoa da Lua.

Algumas conjunções são mais complexas. Eu sou um nativo com Ascendente em Escorpião. Então, Plutão, que rege Escorpião, será um planeta muito importante no meu mapa. Você tem a Lua, sensibilidade, sentimentos, bem em cima do meu Plutão. Muito provavelmente nós dois somos muito ligados, há um laço muito profundo entre nós. Porém, algumas vezes, eu desperto sentimentos intensos em você ou sou ciumento (Plutão)!

Outro exemplo. Eu tenho Saturno, planeta da responsabilidade, sobre a sua Lua, planeta das emoções. É quase certo que eu me sinta muito responsável pelo seu bem estar e me preocupe com as suas emoções. Isso é bom para você, mas algumas vezes eu posso freiá-lo com meu excesso de zelo. Por outro lado, há ocaisões em que eu posso secar seus sentimentos, posso julgar você. Por isto eu tenho que tentar te ajudar (até porque me sinto um pouco responsável por você), mas sem interferir tanto.

Os planetas no mesmo elemento são uma afinidade que fluem. Eu tenho a Lua no ígneo Áries, por isso sempre me manifesto na hora e tenho uma natureza ardente e passional. Já você tem a Lua em Sagitário, valoriza a liberdade. É claro que vamos nos dar bem! Outro exemplo. Eu tenho Marte em Virgem, sou superdetalhista, tenho habilidade manual, realizo tudo com muito capricho. Você tem o Sol em Capricórnio e preza muito a qualidade e a competência. Você vai estimular minhas atitudes, elogiar o meu trabalho. E eu vou apreciar seu jeito responsável, sua incrível capacidade de planejamento e sua sensatez!

O sextil é um ângulo de entendimento, não tão imediato quanto o trígono, um pouco mais estimulante. Por exemplo, eu tenho Vênus em Aquário, gosto das pessoas diferentes, adoro coisas inovadoras. Você tem o Sol em Áries, que gosta de ser pioneiro e seguir sua própria cabeça. Você vai achar interessante o meu jeito inovador, enquanto eu vou gostar da sua sinceridade. Outro exemplo, a solidez de Touro apoia o mundo emocional de Câncer, pois esses signos estão em sextil.
 

Os ângulos difíceis

Suponhamos que eu preze a delicadeza, a diplomacia, a paz e a beleza. Eu sou de Libra. E suponhamos que você seja meio esquentado, muito ativo e decidido. Você é de Áries. A princípio, talvez eu tenda a achar que você brigue demais e você vai me achar muito vacilante. Entretanto, talvez eu precise aprender a ser mais afirmativo, enquanto você pode aprender a conciliar mais, a brigar menos. Essa é a oposição, ângulo de 180 graus.

A oposição gera um certo estranhamento, mas também complementação. Câncer pode aprender a ser mais estruturado e resistente com Capricórnio, enquanto Capricórnio poderá soltar mais as emoções quando estiver com Câncer. Por outro lado, o canceriano pode ficar exasperado com a relutância do capricorniano em admitir seus sentimentos, enquanto o capricorniano fica desorientado com a torrente de emoções do canceriano. Como funciona no mapa de um casal? Em geral, você acaba gostando de entrar em contato com a qualidade que lhe falta, pois tem uma chance de aprender algo com o a pessoa que você gosta. Mas a oposição traz, também, uma necessidade de sempre conciliar, buscar um meio termo, um entendimento.

Já a quadratura é um ângulo mais difícil. Ela ocorre entre signos que tem um mesmo tipo de energia (cardinal, fixa ou mutável), mas que utilizam-na de uma maneira diferente. Por exemplo: Escorpião e Aquário são fixos. Só que Escorpião volta-se para o seu mundo interior e deseja transformar algo. Já Aquário volta-se para o coletivo e a sua idéia não é de transformação, e sim, de reformas. Outra grande diferença: Escorpião é intensamente emocional, enquanto Aquário tem a mente mais distanciada e imparcial do zodíaco. Então, se eu tenho a Lua em Escorpião, tenho muita emotividade e possessividade. Já você, com seu Sol em Aquário, valoriza muito a independência e a liberdade. O meu jeito mais dominador pode ser um obstáculo para você enquanto às vezes eu te acho muito frio e desligado! E nenhum de nós vai arredar o pé de nossas idéias, pois somos fixos.

Também pode ocorrer de dois signos não terem nada em comum. Ex: Áries é Fogo, Cardinal e Masculino, enquanto Virgem é Terra, Mutável e Feminino. Suponhamos que eu tenha Marte em Virgem, então sou todo organizado, meticuloso, detalhista. Já você tem Marte em Áries, é rápido, energético e objetivo. Você vai me achar muito lento e eu vou achá-lo apressado. Entretanto, não vamos entrar em conflito diretamente, e teremos que nos ajustar um ao outro. Você vai ter que ter paciência com a minha mania de detalhes e eu vou ter que aceitar o seu jeito direto e estourado.

As afinidades sutis

Quando nos damos muito bem com alguém, seja um amigo, nossa mãe, um primo, existem afinidades entre nós. Algumas são muito óbvias, como, por exemplo, ter a Lua no mesmo signo. Entretanto, há uma porção de afinidades sutis que permeiam o nosso relacionamento.

 Por exemplo, suponhamos um aquariano e um canceriano. A princípio eles não tem nada em comum. Aquário é um signo fixo, do elemento Ar e masculino. E Câncer é cardinal, do elemento Água e feminino. Mas suponhamos que esse canceriano tenha nascido com Urano junto ao Sol. Urano rege Aquário e é um planeta rebelde e criativo. Esse seria um canceriano com matizes aquarianos. Então, ele poderá apreciar um pouco o jeito desprendido de um aquariano. Essa é uma afinidade sutil. Quer aumentá-la um pouquinho mais? Então coloque a Lua, regente de Câncer, junto ao Sol do aquariano. Esse será um aquariano muito mais emotivo que a média dos aquarianos. Ele poderá gostar do jeito cuidadoso do canceriano, e ao mesmo se identificar com a sua atenção ao coletivo e inconvencionalismo.

Outra afinidade sutil: você é um sagitariano alegre e expansivo. Eu não tenho nenhum planeta em Sagitário, mas meu Sol e mais dois planetas estão na minha nona casa, casa regida por Sagitário. Então, como você, eu gosto de viajar, de aprender, de conhecer pessoas, de me aventurar. Nós temos uma afinidade sutil.

Quando duas pessoas se dão muito bem, é porque provavelmente elas têm uma rede destas afinidades, o que torna aquele relacionamento mais prazeroso.

Laços especiais entre duas pessoas: uma combinação única!

Por causa dos inúmeros entrelaçamentos que podem existir entre dois mapas, a Sinastria é um dos mais complexos e também um dos mais fascinantes. Quando duas pessoas que se gostam estão em crise é possível identificar o problema e apontar as diferenças. A partir desse esclarecimento, elas podem começar a se entender, por isso a Sinastria pode ser um instrumento importante para casais em crise, pais e filhos que não se entendem. E para aqueles que estão bem, ela pode mostrar aquilo que apenas se intui, explicando onde estão as afinidades.

Na continuação desse artigo, você conhecerá de que maneira a Sinastria é feita e como ela pode ajudar a compreender as influências recíprocas entre duas pessoas.

Para entender melhor este artigo, leia os artigos sobre os quatro elementos, as três energias e também sobre aspectos.

RSS Feed

Assine o RSS FEED e não perca nenhuma novidade do nosso site!
Você também pode receber as atualizações da semana assinando por email!

2 comentários: “Sinastria – parte 1”


  1. Márcia Caracciolo diz:

    Simplesmente adorei. Objetiva, clara, pragmática, minuciosamente explanado.


  2. vtuleski diz:

    Muito obrigada, Márcia! ♥

Deixe o seu comentário:

Vanessa Tuleski

Vanessa Tuleski iniciou seus estudos de astrologia em 1989, passando a atuar como astróloga profissional 7 anos depois. Dá consultas astrológicas no Rio de Janeiro ou através do Skype para outras cidades. Agende a sua consulta!

É palestrante do evento anual de previsões astrológicas Presságios (RJ), colabora com os sites Personare e Constelar. Membro do SINARJ, palestrou eventos para astrólogos promovido por este sindicato de 2012 a 2017, e, novamente, em 2019, com duas palestras.

Atenção: este site NÃO é destinado a consultas gratuitas. Para tirar dúvidas sobre o seu mapa, é necessário agendar uma consulta paga. Respeite o astrólogo como um profissional que estudou para realizar o seu trabalho e que precisa ser remunerado, assim como um médico, advogado e qualquer outra profissão. O profissional agradece.

Mais sobre Vanessa Tuleski »

2020 - Vanessa Tuleski - (CC) Todos os Direitos Reservados - Desenvolvido por Magno Valdetaro
O conteúdo deste site de autoria de Vanessa Tuleski está sob a licença de Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil. Nenhum conteúdo deste site pode ser copiado e reproduzido em outro site sem autorização do autor! Mais detalhes aqui!

Creative Commons License