02. Fundamentos e origem do Iluminare

Por

O Iluminare teve início com o farmacêutico e agrônomo Aloysio Delgado, que batizou a técnica com o nome de Alinhamento Energético (este trabalho hoje tem outros nomes além desse, e variações na forma de praticá-lo). Este estudioso, ao morar com os índios, percebeu que os pajés, para tratarem seus doentes, acessavam o inconsciente deles, já percebendo que era ali que residiam as causas das doenças físicas. A conexão era feita via sexto sentido, um sentido que todos nós possuímos. Além disso, o inconsciente individual não está separado do restante. Portanto, é possível acessá-lo.

Aloysio era clarividente, capaz de enxergar além da realidade material. Ao decidir levar este maravilhoso trabalho para os não índios, entrou em contato com seres de luz que se propuseram a auxiliar nas transformações necessárias, desempenhando tarefas específicas. Quem aprende o Iluminare passa a conhecer alguns dos nomes desses seres, também chamados de guardiões, e a poder entrar em contato com eles, além de passar a tê-los como protetores espirituais.

Ser de luz é um espírito altamente evoluído, que só desempenha tarefas para o bem, e o faz por caridade. Ele pode limpar energias e também trazer vibrações novas para a vida das pessoas. Ele trabalha de acordo com uma Ordem Maior, fazendo o que é possível dentro desta ordem.  

O nome Iluminare é em homenagem a estes seres que se propõe a ajudar e, justamente, levar mais luz para as pessoas. Apesar de este ser um trabalho espiritual, não tem qualquer conotação religiosa. Isto é, não interfere nas suas crenças, pois o objetivo é somente levar ajuda e melhora para a sua vida, sem qualquer forma de doutrinação.

Continue a leitura: A Egrégora do Iluminare

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *