Júpiter em Aquário: ano de 2021 pede favorece atualização, abertura ao novo e ao coletivo

Por

Em 19/12/2020, Júpiter ingressa em Aquário, ficando neste signo até 28/12/2021, com exceção do período de 13/05 a 27/07, quando faz uma passagem por Peixes. O papel de Júpiter é o de expandir, e, em Aquário, expande o que é progressista, futurístico, tecnológico, quebra padrões, é rebelde, renova e favorece grupos ou comunidades.

A última passagem de Júpiter em Aquário, em 2009: tempos de novidades

A última vez em que esteve em Aquário foi em 2009, e é fácil notar quantas coisas novas houve. Foi quando Barack Obama tomou posse como o primeiro presidente negro dos Estados Unidos. Neste mesmo ano, o então presidente permitiu que cidadãos americanos pudessem ir ilimitadamente a Cuba e também foi o ganhador do prêmio Nobel da Paz. Foi também quando o Continente Africano foi visitado pela primeira vez por um Papa, no caso, Bento XVI.  E quando entrou em vigor, nos países de língua portuguesa, um novo acordo ortográfico. No interior de São Paulo, uma jovem universitária foi barrada na porta de uma universidade por estar usando minissaia, o que teve ampla repercussão e a tornou famosa. Satélites da Rússia e dos Estados Unidos colidiram no espaço, no primeiro acidente do gênero na era espacial. 2009 foi, também, o ano da epidemia por H1N1.

Ano de 2021 começa com turbulência

Em janeiro, Júpiter em Aquário, bastante próximo de Saturno, um outro planeta coletivo, vai fazer quadratura (aspecto de tensão) com Urano, o regente de Aquário. A conjunção exata vai ser no dia 17, e a de Saturno também com Urano vai ser em fevereiro, mas já vai atuar a partir de janeiro.

Toda a segunda quinzena de janeiro pode ser bastante turbulenta, seja em termos de ocorrência de fenômenos da natureza, eclosão de revoluções e acontecimentos inesperados em vários lugares do mundo, bem como no mercado financeiro, em razão de aspectos difíceis envolvendo uma concentração de planetas em Aquário, Sol, Saturno e Júpiter, em quadratura com Marte e Urano em Touro. Ficam sinalizadas grandes instabilidades, rebeldia, protestos. Vênus também vai estar em conjunção com Plutão, indicando potencial de grandes perdas financeiras e/ou humanas em função desses eventos.

O que vai estar em alta em 2021

– Iniciativas conjuntas ou comunitárias, visão mais social e grupal, mote “juntos somos mais fortes”.

– Questionamentos, protestos, busca por mudanças e/ou por liberdade. Revoluções, viradas.

– Conquistas e mais espaço para a luta contra a discriminação em razão de orientação sexual, cor de pele, etc.

– O poder da palavra, da troca e da comunicação. Mais comunicação, lives, redes sociais, congressos e grandes eventos.

– Empresas e empreendimentos mais modernos e com maior engajamento social e ecológico.

– Ensino e eventos à distância.

– Avanços na tecnologia, surgimento de novos sistemas, ferramentas digitais e aplicativos, máquinas substituindo trabalho humano, crescimento de velocidade na Internet, conectividade e modernização de celulares e de outros aparelhos.

– Exploração do espaço, grandes passos para a Ciência, aumento da criatividade coletiva, com surgimento de novas invenções, em especial na robótica e inteligência artificial.

– A força dos jovens.

– Quando for possível, viagens em grupo, ou estar em espaços como albergues. Reunir-se com outras pessoas.

– Romper amarras e barreiras, como foi a posse do primeiro presidente negro na história dos Estados Unidos.

– Soltar mais a criatividade, permitir-se mudar.

– Possibilidade de libertação de situações que vinham há muito travadas e/ou estagnadas. Mudanças favoráveis inesperadas. Aceleração.

O que vai estar em baixa em 2021

– Esperar que tudo fique igual e seja plácido e tranquilo.

– Tudo o que for muito fechado, restrito e/ou conservador.

– Escravização e cerceamento de liberdade.

– Discriminar, ter a mente fechada, recusar-se a conhecer novos códigos e tendências.

– Estar acomodado, passivo e/ou dependente. Lentidão, mesmice, falta de ousadia.

– Relutar em se modernizar, atualizar, aprender.

– Insistir em sistemas e/ou tecnologias ultrapassadas.

– Atuar sozinho, sem conexão ou apoio do grupo e/ou do coletivo. Estar alienado do que acontece coletivamente, ficar à margem do que passa no coletivo.

O trânsito de Júpiter em Aquário para os 12 Ascendentes

Todas estas questões vão estar embutidas no trânsito de Júpiter em Aquário no seu mapa astral. Durante um ano, ele vai expandir um grupo de assuntos do seu mapa.

Todavia, lembre-se que é mais fácil a expansão quando também aderimos a ela. Por exemplo, se você tem Ascendente em Áries, vai ser bom para você frequentar um grupo em 2021. Este grupo pode trazer uma expansão, uma alegria e/ou possibilidades que você não atingiria sozinho.

Ascendente em Áries: grupos, coletivo, projetos para o futuro, inserção em algo maior, conexão com o coletivo.

Ascendente em Touro: carreira, objetivos, realizações, decisões importantes, visibilidade, destaque.

Ascendente em Gêmeos: estudos, oportunidades no exterior, projetos de expansão, viagens, especializações, conhecimento.

Ascendente em Câncer: dinheiro em sociedades, parcerias, finalizações, transformações, intimidade, sexualidade, crises.

Ascendente em Leão: relacionamentos, contatos, parcerias, pessoas em sua vida, socialização.

Ascendente em Virgem: trabalho, saúde, cotidiano, hábitos, alimentação, organização, desempenho de tarefas, clientes para autônomos.

Ascendente em Libra: lazer, realização pessoal, filhos, amores, autoestima, criatividade, identidade, diversão.

Ascendente em Escorpião: casa, família, pais, vida privada, intimidade, assuntos emocionais.

Ascendente em Sagitário: comunicações, escritos, trabalho intelectual, relacionamento com irmãos, deslocamentos, plano mental, ideias.

Ascendente em Capricórnio: âmbito financeiro, ganhos, gastos, valores pessoais, assuntos práticos.

Ascendente em Aquário: identidade, individualidade, começos, independência, corpo físico.

Ascendente em Peixes: mundo interno, psiquismo, espiritualidade, insights, trabalho de bastidores.

1 comentário sobre “Júpiter em Aquário: ano de 2021 pede favorece atualização, abertura ao novo e ao coletivo”

Deixe um comenário